Demitido do Cruzeiro no dia 25 de julho, o técnico português Paulo Bento está perto de assumir um clube. O treinador tem um acerto verbal com o Olympiacos, da Grécia. Apesar de ter encaminhado seu retorno ao futebol duas semanas após se desligar do clube mineiro, o treinador tem uma pendência para resolver com a Raposa antes de assinar contrato com o clube grego.

Com contrato até o fim de 2017 com o Cruzeiro, Paulo Bento acordou receber todos os seus vencimentos mesmo após ser demitido pela diretoria cruzeirense. O valor mensal de seu salário e de sua comissão técnica girava em torno de R$ 500 mil.

Porém, caso o português assinasse com uma outra equipe neste período, essa cláusula de obrigação do pagamento por parte do clube mineiro poderia ser alterada. Em entrevista ao site do jornal Record, de Portugal, Paulo Bento confirmou a pendência a ser resolvida com o Cruzeiro antes de assinar com o time grego.

– Existe um pré-acordo com o Olympiacos, mas nada ainda está assinado. Falta apenas resolver uns assuntos com o Cruzeiro.

Segundo o site Mais Futebol, também de Portugal, Paulo Bento já está em
Atenas, na Grécia, e deverá assinar contrato por dois anos nesta
terça-feira. O valor do salário oferecido pelo Olympiacos seria inferior aos vencimentos recebidos por Bento na Toca da Raposa.

A publicação portuguesa afirma que a intenção do treinador é propor que o Cruzeiro pague a diferença do valor da indenização.Procurada pela reportagem do GloboEsporte.

com na madrugada desta terça-feira, a assessoria do Cruzeiro informou que o clube vai se pronunciar sobre o assunto nesta terça-feira. Anunciado pelo clube mineiro no dia 12 de maio, Bento comandou o Cruzeiro em 17 jogos, 15 pelo Brasileirão e dois pela Copa do Brasil.

Sob seu comando, o time conseguiu seis vitórias, três empates e oito derrotas, o que representa aproveitamento de 41,17% dos pontos. A primeira partida de Paulo Bento foi o empate por 2 a 2 com o Figueirense, no Mineirão.

.

Fonte: Globo Esporte