Após o empate por 2 a 2 com o Vitória, o Cruzeiro volta a jogar contra o time baiano na quarta-feira, só que, agora, a partida será pela Copa do Brasil, e disputada no Barradão, em Salvador. O resultado no jogo do Brasileirão não agradou ao técnico Paulo Bento. O Cruzeiro vencia por 2 a 0 e tinha um jogador a mais em campo, mas, mesmo assim, cedeu o empate (Veja os lances do jogo no vídeo abaixo).

Poderia ter sido ainda pior, tamanha a superioridade do time baiano em campo. Assim sendo, o treinador português terá que mudar algumas peças se quiser sair na frente, na disputa com o Vitória, na terceira fase da Copa do Brasil.

A começar pela lateral esquerda. Como o titular Bryan já jogou a competição pelo América-MG, Paulo Bento terá que escalar outro na posição.

Se o desempenho de Bryan nas últimas partidas for levado em conta, o Cruzeiro, na verdade, tem muito a ganhar, já que o lateral vem muito mal. A partida contra o Vitória foi terrível, com o jogador sendo completamente envolvido pelo atacante Marinho.

O problema é que o substituto Allano também não vive bom momento. A tendência é que ele jogue, a não ser que Paulo Bento queira improvisar algum zagueiro ou volante na posição.

LEIA TAMBÉMMarinho assume motivação extra no Mineirão: “Tinha que ter pouco a mais”Em empate desastroso no Mineirão, Bryan é o pior do time do CruzeiroNa direita, Lucas também não está agradando. Contra o Vitória, mais uma vez, não foi bem, apesar do passe para o primeiro gol do Cruzeiro.

Com Mayke fora de combate, com uma lesão muscular na panturrilha esquerda, a tendência é que Lucas seja mantido no time. Mas não será surpresa se o treinador português adaptar Fabrício Bruno ou Federico Gino na posiçãoA zaga também pode passar por mudanças.

Não que os jovens Bruno Viana e Fabrício Bruno estejam mal. O problema é justamente a pouca experiência dos dois.

O primeiro tem 21 anos e o segundo tem apenas 20. Com Bruno Rodrigo e Léo no banco, é provável que um dos dois assuma o posto de Fabrício Bruno, se Bento quiser deixar o time mais maduro, já que vai jogar sob a pressão do Barradão.

Se isso acontecer, é mais provável que Bruno Rodrigo entre, já que o técnico usou Léo apenas duas vezes.No meio-campo, Paulo Bento poderá contar com Henrique e Robinho.

Os dois não jogaram neste domingo. O volante, ao lado de Arrascaeta, tem sido o melhor jogador do time.

Com ele em campo, Lucas Romero fica mais solto e rende mais. Caso Robinho volte, Arrascaeta terá um parceiro para dividir a armação do time.

Élber deixou a partida com o Vitória contundido e é dúvida para quarta-feira.O ataque também tem sido um problema no Cruzeiro.

Bento tem revezado Willian e Riascos como homens de referência. O setor, no entanto, terá, em breve, Ramón Ábila e Rafael Sobis, o que deixa uma leve sensação de alívio no treinador.

Os dois reforços, entretanto, ainda não têm condições de jogo. 
.

Fonte: Globo Esporte