Alisson é um dos maiores trunfos do elenco do Cruzeiro, no entanto, o jogador convive com problemas de lesão frequentemente. O meia entrou no decorrer dos dois últimos jogos do time celeste, contra São Paulo e Botafogo. Para o clássico deste domingo, contra o Atlético-MG, pela sétima rodada rodada do Campeonato Brasileiro, às 16h (de Brasília), no Independência, Alisson pode ser opção até para entrar jogando, mas o Paulo Bento não deu nenhuma pista sobre o time titular que enfrenta o maior rival, mas o meia já imagina que sua condição física estará melhor do que no jogo contra o tricolor paulista.

Fato raro no conturbado calendário do futebol brasileiro, o Cruzeiro teve uma semana cheia para se preparar para o clássico. Alisson brincou com a situação, disse que contra o São Paulo parecia que tinha alguém puxando sua camisa durante o jogo.

 – Ainda estou buscando minha melhor
forma física. Contra o São Paulo parecia que tinha alguém puxando a minha camisa (risos).

Mas acho
que já estarei melhor no domingo.A Raposa amarga a 18ª posição na tabela de classificação da competição nacional, na zona de rebaixamento.

 Há três jogos sem perder no Independência, Alisson acredita que, ao longo dos últimos anos, o clube aprendeu a jogar nas dependências do rival. O meia acredita que a entrega é um dos principais fatores para o Cruzeiro saia vitorioso no clássico.

– O Cruzeiro aprendeu a ser
competitivo no Independência, o que é muito importante, pois tecnicamente as
equipes se equivalem. Se continuarmos assim, com todos se doando, vamos fazer
mais um grande jogo.

.

Fonte: Globo Esporte