Contratado há quase uma semana, o atacante Rafael Sobis assinou contrato com o Cruzeiro nesta quinta-feira e será apresentado no próximo domingo, no Mineirão, antes da partida da Raposa contra o Vitória, pelo Campeonato Brasileiro, às 11h (de Brasília). Sobre o atacante Ramón Ábila, o Cruzeiro informou que está acertando os últimos detalhes do contrato do argentino e aguarda os documentos de transferência do jogador
para agendar também a sua apresentação.Em entrevista ao site oficial da Raposa, Rafael Sobis, que terá seu vínculo até o fim de 2019, evitou falar quando irá estrear, mas mostrou querer que ela seja o mais rápido possível- Sobre a minha estreia, acho que é difícil dizer.

A comissão técnica
estava viajando, acabaram de chegar e ainda vamos conversar sobre isso.
Ver qual será a melhor opção, acompanhar a evolução dos treinamentos,
mas espero dar o melhor de mim para poder jogar o mais rápido possível.

Sobis falou também sobre a expectativa de encontrar a torcida cruzeirense pela primeira vez. Segundo ele, a “China Azul” sempre o fez sofrer quando teve de jogar em Belo Horizonte.

– Também é uma oportunidade única de ter essa torcida a meu favor. É uma
torcida que sempre me fez sofrer, sempre foi muito difícil jogar aqui.

Posso contar nos dedos os dias que ganhei jogando aqui como visitante.
Hoje quero usufruir disso, ter a torcida ao meu lado e, junto ao Time do
Povo, caminharmos juntos, para irmos o mais longe possível.

Segundo Sobis, ele não poderia seguir a carreira sem vestir a camisa celeste.- É uma oportunidade única.

Desde já quero agradecer à direção do Cruzeiro, pelo esforço e por tudo que fizeram por mim. Hoje estou feliz vestindo essa camisa, com a expectativa de fazer o melhor possível e levar esse clube ainda mais longe.

Não poderia seguir minha carreira sem vestir essa camisa, que é tão importanteCom 31 anos, Sobis estava no Tigres, do México, e voltou ao Brasil, após o clube mineiro desembolsar cerca de cinco milhões de dólares. Por Ábila, que estava no Huracán, o Cruzeiro gastou um milhão a menos.

.

Fonte: Globo Esporte