Sala de imprensa cheia. Foco e flashes na grande contratação do Cruzeiro da temporada: Rafael Sobis. Apresentado oficialmente antes da partida com o Vitória, no domingo, no Mineirão, ele chega junto com o argentino Ábila para solucionar o problema do ataque da Raposa.

O jogador, que estava no Tigres, do México, disse saber da missão de ser uma das grandes referências do elenco, por conta da experiência e da história que tem no futebol. No entanto, fez questão de salientar que é necessário que a responsabilidade seja dividida entre todos do Cruzeiro, visto que o o futebol não é um esporte individual.

 – Não é tênis, não jogo sozinho. Eu venho para somar da melhor forma possível, o Cruzeiro é um grande clube, acostumado a brigar na parte de cima das tabelas das competições que disputa.

Agora é isso que vamos buscar. Vamos buscar junto com tudo
mundo porque tem muito campeonato ainda e tem tempo.

 Não é tênis, não jogo sozinho. Eu venho para somar da melhor forma
possível, o Cruzeiro é um grande clube, acostumado a brigar na parte de
cima das tabelas das competições que disputa.

Agora é isso que vamos
buscar. Vamos buscar junto com tudo
mundo porque tem muito campeonato ainda e tem tempo.

Fisicamente, Sobis garante que se sente confortável. Ele estava fazendo pré-temporada no Tigres, mas a interrompeu por conta das negociações com o Cruzeiro.

Agora no Brasil, o atacante se diz preparado, mas acredita que esta semana será crucial para ver o estágio de preparação em que se encontra. – Já tinha feito uma parte de pré-temporada, depois tive de preparar por causa das negociações.

Já passei a adaptação depois das férias, me sinto cômodo já, não sei se suficiente para já jogar. Vamos ver durante a semana para dar uma posição sobre isso.

Idade x desempenhoO atacante acredita que pode somar, principalmente, com a experiência no elenco. No entanto, Rafael Sobis acredita que a idade não está ligada diretamente ao desempenho e, para ele, existem grandes exemplos no futebol.

– Espero ajudar da melhor forma. Não podemos queimar esses jovens talentosos.

Da parte da experiência espero ajudar. A idade chega para todo mundo.

No futebol há bons exemplos. Eu me espelhei nos que me ajudaram.

Estamos aqui para ajudar, que os meninos possam escolher o bom caminho.Caminho para a LibertadoresApesar de devidamente apresentado, Sobis ainda não foi regularizado junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Por isso, nem viaja com a delegação para a Bahia, onde o Cruzeiro enfrenta o Vitória novamente, mas desta vez pelo jogo de ida da Copa da Brasil, no Arruda, às 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira. Rafael Sobis se sente motivado para ganhar a competição nacional, porque é uma forma de chegar à Libertadores, além de ser um título inédito para o atacante.

– É um título nacional, que te leva à Libertadores. Temos time, equipe para vencer.

É um título que não tenho.
.

Fonte: Globo Esporte