A fase ruim do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro vem despertando a ira dos torcedores, que na tarde desta segunda-feira invadiram a Toca da Raposa II (confira no vídeo abaixo) para cobrar da diretoria os resultados ruins e dos jogadores uma mudança de postura. Eles chegaram a pé ao CT, entraram pela porta principal e foram em direção a um dos gramados. Foi o primeiro treino do time celeste depois da derrota de 2 a 0 sobre o Fluminense, no Rio de Janeiro.

Segundo a Raposa, não foi registrado nenhum boletim de ocorrência sobre o episódio. Cerca de 40 torcedores, que fazem parte da torcida organizada Máfia Azul, entraram no centro de treinamentos e por lá ficaram 10 minutos, saindo logo depois para a entrada da imprensa.

Segundo um dos integrantes, eles entraram em um dos gramados da Toca, conversaram pacificamente com Fábio, Leo, Bruno Rodrigo e Henrique e ameaçaram voltar a protestar caso os resultados ruins persistam.- Não deveria ser normal, claro que a cobrança é normal, mas no estádio seria melhor.

Foi uma conversa pacífica, cobraram do jeito que tinha que cobrar, sem agressão – comentou Rafinha sobre o protesto da torcida.O descontentamento da torcida é com o momento do time.

Cruzeiro é o 18° no Brasileiro e briga desde o começo contra o rebaixamento. Após a derrota para o Flu, a equipe mineira voltou para o Z-4, posição que figura pela sétima rodada, um recorde negativo do time no Campeonato Brasileiro.

Nova baixaE a fase ruim chegou também para o goleiro reserva Rafael. Ele teve constatada uma fratura no quarto dedo da mão direita e também vira integrante do departamento médico do Cruzeiro para recuperação.

Com isso, Lucas França vira segundo goleiro, sendo o reserva imediato do capitão Fábio.Na atividade de reapresentação após o jogo de domingo, os jogadores titulares fizeram uma corrida leve em um dos campos da Toca da Raposa II.

Tratando de lesão, o zagueiro Dedé, o volante Marciel e o meia Robinho também apareceram no gramado para seguir o tratamento médico.
.

Fonte: Globo Esporte