Dá água para o vinho, do céu ao inferno, do menos para mais. Deu para entender que a matéria é sobre extremos, não é. E assim que o meia Rafinha, recém-chegado ao Cruzeiro, sentiu-se após os últimos dias na Toca da Raposa.

Acostumado ao futebol sem muitas cobranças e pressão da torcida, no Oriente Médio, o jogador tomou uma espécie de choque de realidade com os últimos acontecimentos do Cruzeiro.- Foi tudo de uma vez só, estava há um bom tempo
fora do Brasil, em uma cultura totalmente diferente.

A gente, na Arábia, não
que é normal, sempre que perdia jogo, tinha o respeito. O torcedor sempre
respeitava.

A gente tem que se acostumar. O futebol brasileiro é diferente,
a cobrança é maior, torcedor às vezes até passa de limite, mas estou preparado.

Aceitei o desafio
de ir para um clube grande, precisava disso na carreira, e isso não dá para fugir de
cobrança e de pressão. Espero que o Cruzeiro saia dessa situação o mais rápido possível – disse o meia.

Ele entrou no segundo tempo da partida contra o Fluminense, mas disse que teve pouco tempo para ajudar a equipe e admitiu que, quando entrou, já estava difícil de mudar a situação da partida, que já estava nos 2 a 0 para o Fluminense. Sobre a declaração do atacante Riascos, que foi afastado do Cruzeiro e agora está na mira do Vasco, o jogador disse que não teve contato com o colombiano após a partida e que só ficou sabendo da situação no ônibus, na saída do estádio.

O meia se colocou no lugar do ex-companheiro e disse que, em alguns momentos, dá vontade de falar o que vem à cabeça.- Tem horas que dá vontade de
falar bastante coisa, só que você tem que tentar pensar o máximo antes de
falar, principalmente após a partida, após a derrota, com em uma situação como a
dele, tem que pensar, porque pode jogar coisas fora.

Dá vontade de falar
algumas coisas depois do jogo, mas tem que se segurar.Rafinha poderá atuar atuar pela Copa do Brasil, pela primeira vez.

Ele tem chance de ser titular contra o Vitória, quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no Mineirão. No primeiro jogo, vitória cruzeirense por 2 a 1.

.

Fonte: Globo Esporte