Quando a situação é desfavorável, qualquer fio de esperança
pode significar muito. O Cruzeiro é o lanterna do Brasileiro, com oito pontos. O treinador Paulo Bento está pressionado, e a diretoria vem sendo cobrada pela torcida para contratar de reforços.

No entanto, o confronto contra a Ponte Preta, nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), em Campinas, traz boas lembranças aos cruzeirenses e pode significar um alento. Foi contra a Macaca, na última temporada, que a Raposa começou a arrancada que livrou o time da disputa contra o rebaixamento e, no fim do torneio, quase beliscou uma vaga na Libertadores.

O panorama no início de setembro de 2015 não era bom. Vanderlei Luxemburgo havia acabado de ser demitido, e o Cruzeiro, há seis jogos sem vencer, estava ameaçado de cair para a segunda divisão.

Mano Menezes foi contratado, e a Raposa viajou para Campinas para encarar a Ponte. Então técnico interino, Deivid comandou o time, enquanto o novo treinador acompanhava tudo das tribunas do Estádio Moisés Lucarelli.

Dentro de campo, o time celeste surpreendeu e venceu  por 2 a 1, com gols de Willians e Vinícius Araújo (reveja no vídeo acima). Trás boas lembranças e é motivo de esperança.

Mas já passou o ano passado, foi um ótimo resultado e nos ajudou
muito. Mas precisamos estar focados no jogo atual, estarmos muito concentrados
para fazer um grande jogo e repetir o resultado do ano passado, que é a
vitóriaA partir daí, o Cruzeiro começou uma reação impressionante.

No jogo seguinte, sob o comando de Mano Menezes, venceu o Figueirense por 5 a 1, com quatro gols de Willian. Na sequência, uma derrota para o Flamengo no Maracanã.

Depois, foram 14 jogos sem perder, até o fim da temporada, desempenho que quase colocou a Raposa na Libertadores. InspiraçãoFábio, Bruno Rodrigo e Henrique estavam presentes no jogo da reação, em Campinas, na última temporada.

Os três devem começar jogando contra a Macaca nesta quarta-feira. O zagueiro, que volta ao time titular depois de uma virose, acredita que a vitória do ano passado, no Moisés Lucarelli, pode inspirar o elenco atual a reagir dentro do Brasileirão.

– Sim, com certeza. Esse jogo traz boas lembranças e é motivo de esperança.

Mas já passou o ano passado, foi um ótimo resultado e nos ajudou
muito. Precisamos estar focados no jogo atual, estarmos muito concentrados
para fazer um grande jogo e repetir o resultado do ano passado (reveja os gols no vídeo abaixo), que é a
vitória.

  

Na lanterna do Campeonato Brasileiro, com oito pontos, duas vitórias,
dois empates, cinco derrotas e um saldo negativo de seis gols, a Raposa pode
até deixar a zona de rebaixamento, dependendo dos resultados da 10ª rodada. Se
empatar, também pode deixar o incômodo Z-4, mas para isso, tem que contar com derrotas
de América-MG, Botafogo, Sport e Coritiba.

Após a partida contra o Ponte, o
Cruzeiro recebe o Palmeiras, sábado, em casa, e depois encara a Chapecoense, em Santa
Catarina, na próxima semana. Bruno Rodrigo lamenta a situação desconfortável na tabela, mas acredita que os jogadores vão conseguir tirar o time deste momento ruim.

– Incomoda sim, mas nós estamos concentrados. Só a
gente pode tirar o Cruzeiro dessa situação.

Tivemos um jogo muito difícil contra
o Grêmio. Temos que estar concentrados todos os jogos.

Vamos fazer isso para
sair com a vitória. (*) colaborou o repórter Murillo Gomes, da EPTV.

.

Fonte: Globo Esporte