Ainda está complicado, mas ficou menos improvável. A vitória por 1 a 0 sobre o Ituano, no último domingo, fora de casa, mais que adiar uma eventual queda, renovou a esperança do Mogi Mirim para evitar o rebaixamento na última rodada do Campeonato Paulista. > VEJA A CLASSIFICAÇÃO GERAL DO PAULISTÃOCom o triunfo em Itu, o Sapo ficou a um ponto dos principais concorrentes e entrará em campo no próximo domingo mais vivo que nunca na luta contra a degola.

 Na 16ª colocação, com 15 pontos, o Sapo ainda precisa de uma combinação de resultados para escapar, porém, em menor escala do que antes. Botafogo-SP, Água Santa e Ferroviária, com 16, estão na mira do Mogi.

 Além de bater o Palmeiras, em casa, torce por dois tropeços entre os rivais diretos. Bota, Água Santa e Ferrinha terão pela frente Capivariano, São Bernardo e Linense, respectivamente.

Os dois primeiros jogam em casa, enquanto a Ferroviária atua fora. Assim como o Sapo, o Pantera começa a rodada no Z-6.

VEJA TAMBÉM:> Pacotão regional: festival de gols – para o bem e para o mal – marca rodadaDesde que o Mogi faça sua parte, empates dos concorrentes são suficientes. Se um deles ganhar, os demais têm que no máximo empatar.

Se dois deles vencerem, acabam as chances do Sapo, uma vez que precisa ganhar ao menos duas posições para sair da zona de rebaixamento. Inicialmente, os dez confrontos da última rodada da primeira fase acontecerão simultaneamente, às 10h de domingo.

 
.

Fonte: Globo Esporte