O Andirá se prepara para duelo decisivo no Campeonato
Acreano 2016. Em penúltimo lugar na classificação, com apenas um ponto somado,
o Morcego enfrenta sábado (26), na sexta rodada do primeiro turno, o também
“desesperado” Amax, lanterna do estadual. Os dois times lutam contra o rebaixamento.

Uma das apostas do Morcego em busca dos três pontos é o volante Alexsandro
Souza, o Alex, de 22 anos.

Com ausência de Neto, suspenso, o técnico
Francisco Dias, o Jangito, acredita que Alex terá a missão de comandar o meio-campo da equipe.

Segundo o
volante, o jogo contra o Azulão de Xapuri é de vida ou morte e é preciso que o
elenco priorize a importância da partida para que o time permaneça na elite do
futebol acreano.

– A responsabilidade é grande, esse
jogo é como uma final e se perdemos estamos fora.

Temos que superar
as dificuldades e mostrar um bom futebol para permanecer na primeira divisão. Vamos
treinar forte e tentar fazer um bom jogo, com garra, para conquistar
essa vitória – destaca.

Desempregado, Alex trabalha como lavador
de carros no posto da mãe e como gandula dos jogos do estadual quando não está em campo, há quase cinco anos. Ele ressalta que
os atletas têm sofrido com dificuldades logísticas, o que tem dificultado boas atuações, mas acredita que é preciso superar os problemas extra-campo para
conseguir alcançar o objetivo.

 – A situação financeira do clube
acaba atrapalhando porque estamos trabalhando há três meses sem receber,
pegando dinheiro emprestado ou fazendo bicos para vir treinar todos os dias e
tentar dar alegria para a torcida. Mas, se Deus quiser, isso vai ficar
em segundo plano e vamos lutar por essa vitória tão importante – encerra.

> Após revés, elenco do Andirá reinicia treinos para jogo de “vida ou morte”> Estreante no Andirá, atacante Gilberto declara após revés: “Agora piorou”Andirá e Amax jogam sábado (26), às 17h45 (local), no estádio Antônio Aquino Lopes, o Florestão, em Rio Branco. Se vencer, o Morcego rebaixa o rival e garante a presença na elite do estadual para a temporada 2017.

 
.

Fonte: Globo Esporte