A hierarquia de Alisson perante o grupo do Inter se mostra a cada dia. Capitão e líder do vestiário, o goleiro fala pelos companheiros e sai em defesa de todos. Ainda mais quando se trata de seu irmão Muriel.

As críticas recentes ao goleiro reserva ainda não foram digeridas pelo titular.LEIA MAIS> Valores atrapalham negócios do Inter> Nico López quer seguir no Nacional-URU> Seijas aceita jogar pelo Inter no meio do anoNa manhã desta terça-feira, data que marcou a reapresentação do grupo após a vitória sobre o Glória, o mais novo dos Becker fez questão de deixar isso claro.

Entre uma bateria e outra de defesas, Alisson se aproximou do local onde estavam os jornalistas e mandou o recado após as intervenções de Muriel:– É bom mesmo! Aqui só tem goleiro bom!Pouco depois, o preparador de goleiros e tutor Daniel Pavan falou em tom bem-humorado, mas sem disfarçar o incômodo entre os irmãos:– Mexeu com um, mexeu com a família toda.O titular da Seleção se referia ao período no qual foi substituído por Muriel.

Nas duas partidas em que esteve em campo, o mais velho dos Becker sofreu quatro gols, no empate em 2 a 2 com o Fluminense pela Primeira Liga e na vitória por 4 a 2 sobre o Novo Hamburgo. Após o “desabafo”, o trabalho prosseguiu normalmente.

Alisson trocou ideias com Pavan, enquanto Muriel conversava com o auxilar Durgue Vidal. Na segunda parte do treino, quando os goleiros foram integrados aos exercícios dos jogadores de linha, Alisson sentou em um cooler, e enquanto se hidratava, voltou a incentivar os parceiros, como fez após jogadas de  Yan Petter:– Boa, Petter!Mesmo em alta conta com o irmão, Muriel ficou de fora até do banco de reservas na partida de domingo em Vacaria.

A alternativa a Alisson escolhida por Argel foi Jacsson, o terceiro goleiro.  O Inter volta aos treinos na manhã desta quarta.

No domingo, às 16h, a equipe enfrenta o São Paulo-RS, no Beira-Rio, pelas quartas de final do Gauchão.Confira todas as notícias do esporte gaúcho em www.

globoesporte.com/rs
.

Fonte: Globo Esporte