Único garantido por Claudinei Oliveira para o confronto com o PSTC, no domingo, o goleiro Marcos vai reencontrar um velho conhecido seu no futebol no estádio Ubirajara Medeiros, em Cornélio Procópio. No comando da equipe adversário está Reginado Vital, ex-jogador do Paraná Clube e antigo companheiro do arqueiro paranista.Em lados apostos no domingo, o goleiro fez questão de elogiar o seu amigo nesta sua nova fase da carreira no futebol.

Atualmente, o time do norte do estado ocupa a sexta colocação, com 12 pontos ganhos.- Nós jogamos juntos na base do Paraná, depois no profissional.

É uma pessoa espetacular. Passou aqui pelo Paraná Clube, fez a sua história aqui no clube.

É um amigo. Fico muito feliz por essa carreira que ele está tendo – elogiou.

Marcos e Vital jogaram juntos no fim da década de 90 pelo Paraná Clube. Revelado pelo PSTC em 1995, o meio-campo Reginaldo Vital chegou ao Tricolor em 1996 e não demorou para subir para o elenco profissional.

O atual técnico do caçula do estadual passou três anos no time da Vila Capanema, todos eles ao lado de Marcos. Apesar da amizade entre eles, o arqueiro não quer saber do antigo companheiro levar a melhor no primeiro encontro entre os dois desde que Vital virou técnico.

Espero que nesse jogo nós sejamos mais felizes do que ele (Vital) para que a o Paraná consiga vencer- Espero que nesse jogo nós sejamos mais felizes do que ele para que a o Paraná consiga vencer. Mas realmente eu fico muito feliz pelo trabalho que ele está fazendo – destacou o camisa 1.

Gramado de Cornélio Procópio preocupaAlém da sua amizade com Reginaldo Vital, outro assunto abordado na coletiva de imprensa nesta quinta-feira, no centro de treinamento do clube, foi a condição do gramado do estádio Ubirajara Medeiros, palco do duelo entre Paraná e PSTC, no domingo.Para o goleiro tricolor, em estádios onde o campo não apresenta as melhores condições, o segredo, especialmente para os goleiros, é entrar em campo ainda mais concentrado e se adaptar ao gramado antes mesmo do apito inicial do árbitro.

– É se adaptar o mais rápido possível, não tem como. É o gramado que tem.

No aquecimento você tem que dar uma olhada, sentir o quique da bola, mas atrapalha. Porém, não há o que fazer.

É o gramado que tem, precisamos nos adaptar, entrar mais concentrado para que os erros não ocorram – comentou o goleiro.Leia também:Confira a classificação do ParanaenseZé Roberto aponta favoritos, mas faz alerta para surpresas do ParanaenseRafael Carioca quer deixar polêmica de lado e foca nova chance no ParanáO Tricolor, de Marcos, encara o PSTC, de Vital, neste domingo, às 16h (horário de Brasília), no estádio Ubirajara Medeiros.

Vice-líder da competição, com 20 pontos, o Paraná tem um a menos que o JMalucelli, primeiro colocado. O GloboEsporte.

com acompanha o duelo, em Tempo Real, a partida das 15h, com lances e vídeos exclusivos.Confira mais notícias do esporte paranaense no globoesporte.

com/parana
.

Fonte: Globo Esporte