A diretoria do São Paulo anunciou, nesta quinta-feira, a demissão do coordenador técnico Milton Cruz. Ele estava no clube há 22 anos e alternou entre os cargos de coordenador e técnico, segundo o jornal Folha de São Paulo.

Milton Cruz chegou ao São Paulo em 1994, quando fazia parte da comissão técnica do clube.

Segundo a Folha, Milton estava em situação complicada no clube desde o final da gestão de Carlos Miguel Aidar. Na temporada 2015, Milton assumiu a equipe após a demissão de Doriva, e conseguiu levar o clube à Libertadores, mas foi deixado de lado na atual temporada.

Um dos fatores para a queda de Milton Cruz é sua forte ligação com o empresário Abílio Diniz, desafeto do ex-presidente Aidar e também do atual presidente do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva.
A publicação ainda afirma que com Edgardo Bauza, Milton se restringia a passar informações dos adversários do São Paulo e não tinha mais papel em contratações e nem chegou a ser consultado sobre reforços.

O ex-coordenador era presença certa em viagens e jogos do clube, mas em 2016 sequer viajava com os jogadores.

.

Fonte: Torcedores.com