Um dos destaques do Londrina na goleada sobre o JMalucelli, por 4 a 0, na última rodada, o meia Rafael Gava tenta retomar o bom futebol com a camisa alviceleste. Titular e fundamental nos primeiros jogos, ele acabou no banco em duas partidas no decorrer do Paranaense e voltou a ser destaque no último domingo com um gol e uma assistência. (veja os gols da partida no vídeo acima)– O
gol veio em um bom momento.

Eu não vinha fazendo boas partidas e fico feliz de ter feito o gol. Espero
continuar nessa sequência e fazer boas partidas para ajudar o Londrina – disse o meia.

Apesar de reconhecer que não vinha jogando bem, Rafael Gava não esconde que ficou incomodado com a reserva, mesmo tendo entrado no segundo tempo nas duas oportunidades que ficou no banco. Ele espera que a fase ruim tenha passado e quer manter o bom momento com a camisa do Tubarão.

– Eu não quero ficar no banco, mas sabia que meu momento não
era bom e o professor tinha que mudar a equipe, então acabei saindo do time
titular. Tinha feito boas partidas no ano passado, comecei bem neste ano e acabei
caindo um pouco.

Isso é igual fase boa, uma hora passa. A ruim também passa.

Estou satisfeito com a partida que fiz no domingo, com o gol. Espero que essa
fase ruim tenha passado e voltar ao momento bom para fazer grandes atuações – avaliou.

Rafael Gava chegou ao Londrina em 2015 para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro, quando jogou 18 partidas, marcou dois gols e participou de outros seis com assistências. Neste ano, o meia disputou as 11 partidas na primeira fase do estadual; nove como titular e fez dois gols.

 Leia também:Tencati começa a definir a equipeLondrina usa 25 jogadores na primeira faseVeja a tabela do Campeonato ParanaenseO meia destaca que a goleada sobre o JMalucelli mostra que o Londrina chega forte para a disputa das quartas de final do Paranaense. Para ele, o time conseguiu crescer no momento certo da competição.

– Faltava um placar elástico para empolgar o torcedor. Isso mostra
o crescimento da equipe.

Não adianta crescer no começo e depois cair na reta
final. O ponto mais importante da competição é o mata-mata, é o que vai levar
para as finais.

Crescemos na
reta final, estamos bem, esperamos crescer mais e ser coroado com o título – analisou.Nas quartas de final, o Londrina encara o  Atlético-PR.

O jogo de ida será no domingo, às 16h (de Brasília), no estádio Vitorino Gonçalves Dias (VGD).Confira mais notícias do esporte paranaense no globoesporte.

com/parana
.

Fonte: Globo Esporte