Gabriel JesusDono da camisa 12 na Libertadores, o atacante viveu noite de heroi e vilão na Argentina. Autor de dois gols no primeiro tempo, ele acertou a trave no início da segunda etapa quando poderia fazer o Palmeiras abrir 3 a 1. Não fosse o fato de, aos 27 minutos, ter sido expulso por ter revidado provocação de Musto, sua avaliação teria sido mais positiva.

Nota: 7,0EgídioCriticado por parte da torcida, principalmente no ano passado, o lateral-esquerdo teve boa atuação na Argentina. Desde que Cuca assumiu o comando, aliás, o jogador voltou a se destacar.

Foi dele a bola para o gol de Barrios, no fim do jogo. Nota: 7,0BarriosMostrou que tem estrela.

Depois de brilhar nos jogos importantes do Palmeiras na Copa do Brasil do ano passado, o paraguaio saiu do banco para ser herói do empate em Rosario. No pior momento da equipe na partida, quando o Rosario vencia por 3 a 2 e o Verdão atuava com um a menos, o atacante completou de carrinho cruzamento de Egídio para fechar o placar.

Nota: 7,0Confira as notas de todos os jogadores do Palmeiras:Fernando Prass [GOL]: 7,0Thiago Martins [ZAG]: 6,5Edu Dracena [ZAG]: 6,5Vitor Hugo [ZAG]: 6,5Jean [LAT]: 6,0Gabriel [VOL]: 5,5(Lucas [LAD]: sem nota)Matheus Sales [VOL]: 6,0Robinho [MEI]: 5,5(Zé Roberto [MEI]: 6,0)Egídio [LAT]: 7,0Gabriel Jesus [ATA]: 7,0Alecsandro [ATA]: 6,0(Barrios [ATA]: 7,0)
.

Fonte: Globo Esporte