O Avaí trabalhou nesta sexta-feira pela última vez antes de
encarar o Joinville, na Ressacada. A atividade teve de ser em uma quadra
coberta por conta da forte chuva que caiu em Florianópolis e também para
preservar o gramado do estádio. Na atividade, o técnico Raul Cabral não revelou
qual equipe que colocará em campo, porém, em sua entrevista coletiva explicou
que, além de mudanças das peças, espera por uma alteração na postura dos
jogadores em campo.

Há cinco jogos sem vencer – quatro pelo returno do Catarinense
e um pela Primeira Liga -, o Leão precisa buscar a reabilitação a todo custo
neste sábado. Por isso, o trabalho, apesar de ser em uma quadra com grama
sintética, foi, na medida do possível, intenso.

 o treinador conta com a volta do volante Braga e do atacante
William. Além disso, o zagueiro Célio Santos deve ganhar uma vaga na zaga,
deixada por Antônio Carlos, que rescindiu contrato com a equipe nesta semana.

 – Na verdade precisamos de uma mudança de postura em relação
aos últimos jogos. A equipe tem oscilado na organização, mas muito mais pela
postura dos atletas por aquilo que é pedido dentro de campo.

Pelo que
conversamos com eles e eles conversaram entre si, sabemos que essa mudança de postura
é vital para voltar a jogar bem – disse o técnico.O Avaí pode ter em campo um possível retorno do meia Diego
Jardel no comando da armação das jogadas – Iury foi o titular na equipe na
goleada sofrida para a Chapecoense.

A provável escalação do Leão deve ter: Renan;
Renato, André Santos, Célio Santos e Vitor Costa; Judson, Braga, Caio Cesar,
Diego Jardel (Iury); Rômulo e Willian.O Avaí entra em campo neste sábado, às 18h30, na Ressacada,
pela quinta rodada do returno do Catarinense.

 Confira mais notícias do esporte de Santa Catarina no GloboEsporte.com/sc
.

Fonte: Globo Esporte