Até o fim do mês de março, o planejamento do departamento de futebol do Criciúma era contratar até cinco atletas para completar o elenco para a Série B do Campeonato Brasileiro. Porém, a decisão teve que ser revista pela diretoria. Afinal, quatro jogadores deixaram o plantel, e um número maior de reforços terá que ser contratado para a disputa da Segundona.

+ Incomodado com posição no estadual, Elvis mira Série B: “Foco é o acesso”+ Palmeiras tem interesse na contratação de revelação do CriciúmaNa última terça-feira, Alex Santana foi o primeiro a deixar o time
carvoeiro. Insatisfeito com as poucas oportunidades, o meia pediu a
rescisão de contrato e decidiu voltar para o Internacional.

Dias depois,
Natan resolveu não renovar o contrato. O 
vínculo terminou no fim da Série B, mas como
estava lesionado, permaneceu em tratamento e
prorrogou o contrato por mais 90 dias.

Apesar do desejo do clube em
mantê-lo no elenco, a negociação não teve um desfecho
positivo.Pensamos em trazer de oito a dez jogadores.

Para completar a barca, Wellington Saci e Bruno Lopes também não vão atuar pelo Criciúma na Série B do Campeonato Brasileiro deste ano. O experiente meia terá o contrato rescindido, enquanto o atacante será emprestado.

A decisão foi anunciada pelo gerente de futebol do Tigre, Emerson Almeida, que não revelou o destino do jovem, apenas confirmou que existem propostas por ele.- Além do Saci e do Bruno, tivemos a saída do Natan, que encerrou o
contrato, e do Alex Santana.

E dentro do mapeamento e dentro do
planejamento, pensamos em torno de oito a dez jogadores, antes era em
torno de cinco, agora são 10. Dez jogadores de qualidade para serem
titular, esse é o nosso objetivo – confirmou, em entrevista coletiva, na
tarde de segunda-feira.

Emerson Almeida não descarta a possibilidade de que mais jogadores possam deixar o elenco carvoeiro até o fim do Campeonato Catarinense. De acordo com o dirigente, todas as situações contratuais estão sendo analisadas pela diretoria e pela comissão técnica do clube.

– Têm outros contratos que se encerram no fim de abril, fim de maio, estamos fazendo avaliações. Temos mais três jogos pelo campeonato estadual, e conforme a conclusão da comissão técnica, podemos dispensar mais alguém, vamos avaliar nesses últimos três jogos.

Fizemos um planejamento desde o início do ano, e esse planejamento vem dando certo – finalizou.Confira mais notícias do esporte de Santa Catarina no GloboEsporte.

com/sc
.

Fonte: Globo Esporte