Na tarde deste domingo, a partir das 16h, o Criciúma entra em campo em busca de mais três pontos no Campeonato Catarinense de 2016. O adversário é o Figueirense, rival derrotado pelo Tigre no embate do turno, por 2 a 0, mas que mudou muito em relação ao primeiro confronto. Além disso, vem embalado por duas vitórias seguidas na segunda fase da competição.

E são sobre essas mudanças que o técnico Roberto Cavalo pede atenção especial dos seus comandados durante os 90 minutos.O setor ofensivo é, conforme o comandante, o principal “perigo” do time de Florianópolis.

No confronto no estádio Orlando Scarpelli, por exemplo, o ataque não teve Rafael Moura e Carlos Alberto, peças confirmadas na formação do Figueira para a quinta rodada do returno.- Por ser um clássico, os dois times tentam surpreender um ou outro, mas eu digo que hoje o Criciúma ainda está em uma evolução, em um crescimento, e o Figueirense, com a chegada do Vinícius, já melhorou muito, ainda tem o He-Man, o Carlos Alberto, são jogadores diferenciados tecnicamente.

Temos que ter cuidados especiais com esses jogadores – avisou.Além de vencer o Figueirense, o Criciúma tem outra missão até o fim do campeonato: torcer por tropeços de Chapecoense e Joinville, equipes que estão à frente na tabela de classificação do Catarinense.

Mas, segundo Cavalo, o trabalho deve ser feito passo a passo, e um triunfo diante da torcida, na tarde deste domingo, é fundamental para as pretensões da equipe no returno.- O Joinville está com um ponto na frente e não vamos mais cruzar com o Joinville.

Então se o Joinville ganhar todas e nós ganharmos todas, nós estamos fora. Essa é a matemática certa, e nós vamos fazer o nosso dever, ganhar do Figueirense, é passo a passo, e torcer por um tropeço tanto do Joinville quanto da Chapecoense, pois a Chape pegamos aqui em casa.

É ganhar do Figueirense e deixar o campeonato em andamento.+ Criciúma aposta em semana cheia e força do Majestoso contra o Figueira+ Satisfeito, Cavalo mantém diante do Figueira a formação que goleou o InterSatisfeito com a atuação diante do Internacional de Lages, na rodada passada, quando a equipe goleou por 5 a 0, o comandante confirmou que irá manter a mesma formação contra o Figueirense.

Desta forma, os 11 titulares serão: Luiz; Ezequiel, Raphael Silva, Diego Giaretta e Marlon; Barreto, Douglas Moreira, Elvis e Wellington Saci; Bruno Lopes e Roger Guedes.Criciúma e Figueirense entram em campo na tarde de domingo, 27 de abril, às 16h, pela quinta rodada do returno do Campeonato Catarinense de 2016.

No duelo no turno, que ocorreu em Florianópolis, no estádio Orlando Scarpelli, os tricolores derrotaram o Figueira por 2 a 0.Confira mais notícias do esporte de Santa Catarina no GloboEsporte.

com/sc
.

Fonte: Globo Esporte