O técnico Edgardo Bauza, do São Paulo, fez mudanças no time para o clássico contra o Santos, domingo, às 18h30, na Vila Belmiro. No treino fechado desta sexta-feira, no CT da Barra Funda, o comandante armou a equipe com Carlinhos na lateral esquerda, Thiago Mendes de volta após cumprir suspensão, Centurión de ponta e Michel Bastos na esquerda – este último, no entanto, se recupera de estiramento na coxa direita e não está confirmado na equipe.– Foram meus dois treinos com o grupo desde a volta da lesão.

Sei que o time precisa de todos jogadores. Mas é um momento de não se precipitar.

Não tenho grande histórico de lesões e tive duas musculares em pouco tempo. Sinto vontade de ajudar, mas tenho que me sentir 100%.

Por isso tem essa precaução. Mesmo com desfalques, temos um grupo de qualidade, que pode jogar e ajudar.

Espero estar em campo. Vou me avaliar no treino de amanhã (sábado) – disse Michel Bastos.

 Caso mantenha essa formação para o San-São, Bauza faria três mudanças em relação ao time que bateu o Botafogo, por 1 a 0, quarta-feira, no Pacaembu: Ganso (suspenso), João Schmidt e Caramelo deixariam a equipe.Pela atividade fechada, Bauza retoma o esquema 4-2-3-1, utilizado durante toda a temporada.

Na vitória sobre o Botafogo, o treinador testou o 4-3-2-1, mas só conseguiu a vitória no sufoco, aos 44 minutos do segundo tempo, depois de modificar o esquema ao longo do jogo.Em recuperação de lesão, Michel Bastos vai aguardar o treino deste sábado para confirmar se terá 100% de condições de jogo.

O time que treinou nesta sexta-feira foi o seguinte: Denis; Bruno, Maicon, Lugano e Carlinhos; Hudson e Thiago Mendes; Centurión, Daniel e Michel Bastos; Calleri.O São Paulo não vence um clássico desde o dia 3 de junho de 2015, quando bateu o Santos, por 3 a 2, no Morumbi, pelo primeiro turno do Brasileirão.

Desde então foram nove duelos regionais, com sete derrotas e dois empates.

.

Fonte: Globo Esporte