por

Dayvidson Soares

Publicado às

00:53 de
26/03/16

48 leituras

O time ainda não perdeu em 2016, vem desempenhando um ótimo futebol e tem entre os seus destaques Luis Soares, no ataque, e Iniesta, no meio de campo. Não, não estamos falando do Barcelona! Mas, sim, do CSA, de Alagoas. Com melhor aproveitamento de vitórias em jogos no Brasil, o Azulão ainda não sabe o que é perder nesta temporada.

Em 11 partidas disputadas no Campeonato Alagoano, a equipe soma dez vitórias e apenas um empate. Os números do Azulão são surpreendentes, foram 30 gols marcados e apenas três sofridos.

Em se tratando do Barcelona em 2016, também invicto, venceu 11 dos 13 jogos disputados no Campeonato Espanhol, as duas partidas da Liga dos Campeões, e cinco dos seis confrontos na Copa do Rei.
Xará do camisa 9 do Barcelona, Luis Soares é o grande nome do CSA na temporada.

O atacante chegou ao clube desconhecido, depois de se destacar na Série C do Campeonato Cearense pelo Pacatuba. Hoje, o camisa 7 azulino divide a artilharia do Alagoano 2016 com Lúcio Maranhão, do CRB (com seis gols).

Negociado diferente de Soares, o meia Didira chegou ao CSA com status de maior contratação e provável ídolo. O jogador foi destaque no futebol local por vários anos defendendo o ASA de Arapiraca, onde ganhou o apelido de “Iniesta do Agreste”.

Neste ano, o CSA disputa apenas o Campeonato Alagoano e busca se classificar para a Série D do Campeonato Brasileiro para ter um calendário de jogos no segundo semestre, algo que não consegue desde 2013. Na primeira fase da competição a equipe venceu nove jogos e empatou um, este contra o maior rival, o CRB.

Dentre as vitórias a mais importante foi contra o próprio CRB, na goleada por 4 a 1, quebrando assim um tabu de três anos.
O Azulão iniciou no último domingo a segunda fase do Estadual e o resultado foi o que o torcedor já esperava: 3 a 0 sobre o Murici.

“Cada jogo é uma decisão”. É com essas palavras que o técnico Oliveira Canindé, outro responsável pela ótima campanha da equipe, motiva seus comandados em cada partida disputada no campeonato.

Buscando assim, levar o CSA ao 38º título alagoano.
A matéria também foi publicada no jornal Gazeta de Alagoas.

.

Fonte: Torcedores.com