A estreia de Thiago Ribeiro
com a camisa do Bahia já estava confirmada. Logo cedo nesta sexta-feira, o
técnico Doriva garantiu a presença do atacante entre os titulares para o jogo
de domingo, contra o Bahia de Feira, pelas quartas de final do Campeonato
Baiano. Restava, então, saber em qual posição o jogador seria escalado para a
partida.

O treinamento do Tricolor,
realizado na Fonte Nova, não teve a presença da imprensa. No entanto, em
entrevista produzida pela assessoria de imprensa do clube, a forma como o
reforço pode atuar foi revelada.

Sem Hernane, que ainda se recupera de lesão,
Thiago Ribeiro deve ser o homem de referência no ataque. Ou quase isso.

– Já joguei alguns jogos como centroavante,
mas um centroavante mais de mobilidade, de vim buscar. Na gíria do futebol
moderno um falso nove.

Já joguei ali, me senti bem. O Doriva deixou tanto eu
quanto o Edigar mais à vontade para fazer essas trocas.

Às vezes o Edigar pode
jogar mais como centroavante e eu cair pelo lado. Não tem problema.

O
importante ali é cada um estar ocupando um espaço do campo para a gente conseguir
fazer triangulações e ter as penetrações necessárias para a gente surpreender numa
enfiada de bola e, consequentemente, sair na cara do gol. Como são três jogadores
de velocidade, a gente pode surpreender o adversário nessa profundidade –
comentou o jogador.

Eu prometo empenho, vontade, sempre procuro jogar
bem. Eu jogando bem, com certeza, oportunidades de gol vão aparecerPerto do gol, as chances de
balançar as redes são grandes.

O atacante já havia dito que a estreia ficaria
ainda melhor se fizesse um gol no domingo. Mas lembrou que não costuma fazer
esse tipo de promessa.

– Espero fazer um grande jogo.
Eu sempre falo que o atacante quer fazer o gol.

Na minha carreira, por todos os
clubes que passei, fiz meus gols, fui artilheiro em alguns campeonatos, mas eu
nunca fui de prometer gols. Eu prometo empenho, vontade, sempre procuro jogar
bem.

Eu jogando bem, com certeza, oportunidades de gol vão aparecer. Quando
você está jogando bem, a chance de fazer gol é muito maior.

Às vezes, quando a
gente entra em campo muito ansioso pro gol, acaba atrapalhando todo o
desenvolver da partida – disse.O provável é que Thiago
Ribeiro ocupe a posição de Zé Roberto.

Assim, ele terá as companhias de
Luisinho e Edigar Junio. Os três não tiveram muito tempo de treinamento juntos,
mas a falta de entrosamento terá de ser superada com o tempo.

– O entrosamento ainda não é o
ideal. Apenas cinco dias treinando com os novos companheiros.

Para começar a
conhecer a todos precisa-se de um tempo, de alguns jogos pelo menos. Mas deu
para se mexer bem no treino, começar a entender como cada um joga – disse.

A partida contra o Bahia de
Feira está marcada para 16h (horário de Brasília) deste domingo, na Arena Fonte
Nova. Como venceu o jogo de ida por 2 a 0, o Tricolor pode até perder por dois
gols de diferença que, ainda assim, garante vaga nas semifinais do Baianão.

LEIA MAISFique por dentro das notícias do esporte baianoClique aqui e assista a vídeos do Bahia
.

Fonte: Globo Esporte