O torcedor do ASA de Arapiraca Marcos Magalhães de 43 anos, nasceu na cidade alagoana de Arapiraca. Aos 12 anos deixou a terra natal, para vir morar em Rondônia. Mas nunca abandonou o amor pelo escudo, preto e branco.

Aproveitou a vinda da equipe de Alagoas e levou a família para assistir ao jogo da Copa do Brasil entre o time de Porto Velho, Genus contra o Asa de Arapiraca-AL.Marcos é motorista de ônibus em Porto Velho e organizou a torcida do ASA na cidade, para ir assistir ao jogo da Copa do Brasil.

Cerca de 80 pessoas, incentivaram a equipe, mesmo com o resultado desfavorável.- O que vale é a festa, torcer pelo ASA.

Vamos torcer pelo ASA sempre, mesmo nas derrotas. Futebol não é só vitória – disse o torcedor.

A maioria dos torcedores nasceram em Alagoas e vieram embora para Rondônia. Marcos explica que a equipe de ASA não passa por uma boa fase e prometeu aos familiares de Arapiraca que ia colocar 50 torcedores no estádio para vibrar junto com o time.

– Apesar da má fase, nunca abandonarei esse time. Fui recepcionar o ASA no aeroporto, e os jogadores tomaram um susto quando viu a torcida gritando.

Prometi para o pessoal da minha terra que ia colocar 50 torcedores dentro do estádio para torcer pelo ASA, passou de 80 pessoas – conta Marcos.Apesar do incentivo, o Genus foi superior e venceu a partida por 2 a 0.

O ASA, tem agora a missão de bater o Genus em casa por três gols de diferença para passar de fase, na Copa do Brasil.Para ler mais notícias do Globo Esporte Rondônia, clique em globoesporte.

globo.com/ro.

 
.

Fonte: Globo Esporte