YpirangaOratório São JoséCom o encerramento das inscrições do Amapazão, apenas cinco equipes confirmaram a participação no estadual, diferente de 2015 que teve nove equipes na briga pelo título. Os clubes que ficaram de fora, como São José, Oratório e Ypiranga, alegam que a crise financeira impede a participação na competição.Mas, os clubes levantaram a possibilidade de entrar no campeonato se o Amapazão for realizado no segundo semestre, data descartada pela Federação Amapaense de Futebol (FAF) que já anunciou o torneio para a segunda quinzena de maio.

Os clubes inscritos são: Santos-AP, São Paulo-AP, Trem, Santana e
Macapá. Segundo a federação, apenas o Independente ainda pode participar, pois o presidente do Carcará, Charles Marques, confirmou com a entidade esportiva.

Ainda de acordo com a FAF o regulamento do campeonato já está sendo montado. O campeão do Amapazão garante vaga na Copa Verde, Copa do Brasil e Série D do Brasileirão de 2017.

Confira a resposta dos clubes que ficaram de fora do Amapazão:01Ypiranga- A gente não se inscreveu no prazo dado pela Federação Amapaense de Futebol, pois temos muitas
pendências administrativas e judiciais. Se o campeonato iniciar apenas
no segundo semestre aí o Ypiranga entra.

Nós participaríamos porque teríamos mais tempo para
nos equilibrarmos financeiramente e buscarmos patrocínios – contou o presidente do Clube da Torre, Aldemir França.01Oratório – O Oratório não participa do campeonato se começar em maio.

Minha proposta é não definirmos período de inscrição e nem data de início do Amapazão, enquanto a federação não fizer uma reunião com os presidentes dos clubes, representantes do estado e empresários que queiram ajudar o futebol amapaense. Para o Oratório, a insegurança está na viabilidade econômica e na credibilidade da organização – disse o presidente da Orca, Arlindo Moreira.

01São José- O São José passa por uma crise financeira, em função da antiga gestão que deixou o clube com uma dívida muito grande e a gente não tem condições de participar do campeonato, pois precisamos quitar esses débitos. A diretoria achou melhor não participar do campeonato este ano com o clube devendo, para não criar mais dívidas – disse o presidente do Tricolor do Laguinho, Josiel Lima.

 
.

Fonte: Globo Esporte