O nome do clube diz muito sobre a trajetória do União Barbarense na Série A2 do Campeonato Paulista. Não fosse a união do elenco, o Leão da Treze estaria fadado ao fracasso. Com diversos problemas extracampo, principalmente na parte financeira, com atrasos nos salários, o grupo alvinegro superou as dificuldades para chegar às quartas de final e continuar em busca do acesso à elite estadual.

 VEJA TAMBÉM:> Do tereré à cúmbia, dupla paraguaia do Barbarense celebra união do timeO episódio envolvendo a Tia Cida virou o símbolo da trajetória do Barbarense. Sem receber em fevereiro, os jogadores ameaçaram não entrar em campo contra o Santo André, pela sétima rodada, mas foram sensibilizados pelo discurso da cozinheira do clube, jogaram e ganharam por 1 a 0.

 O mês, aliás, marcou o embalo do Leão da Treze na Série A2. Foram seis vitórias em oito partidas no período, com aproveitamento de 75%.

Ainda assim, os vencimentos de fevereiro ainda estão pendentes. – Desde o começo, quando contratamos os jogadores, nós explicamos as dificuldades do clube.

Os jogadores também vieram em busca de algo melhor. Pagamos janeiro, e fevereiro ainda está pendente.

Mas, na hora da decisão, os jogadores não pensam nisso, pensam na vitória – comentou o gerente de futebol do clube, Maurílio D´Elboux. Tenho certeza que essa mesma união que nós temos aqui, sabendo das nossas dificuldades, vai nos ajudar a brigar forte pela acesso Após a “intervenção” positiva da Tia Cida, o clube se estabilizou entre os líderes da competição e terminou a fase de classificação em sexto lugar na classificação geral.

A vaga foi confirmada apenas na última rodada, com a vitória por 2 a 0 sobre a Votuporanguense, em casa. A postura dos jogadores rende elogio dos cartolas e também é a principal aposta para o Leão, apesar dos percalços, voltar à elite estadual.

Somente os dois finalistas sobe. O próximo obstáculo é a série contra o Mirassol.

  – É a união deles (dos jogadores) que nos levou a classificação. Tenho certeza que essa mesma união que nós temos aqui, sabendo das nossas dificuldades, vai nos ajudar a brigar forte pela acesso – completou Maurílio.

 As quartas de final contra o Mirassol começam neste sábado, às 17h, em Santa Bárbara d´Oeste. O jogo da volta ocorre no outro sábado, às 19h, com mando do adversário, que tem o direito de decidir em casa por ter feito melhor campanha na primeira fase, quando foi terceiro colocado.

 

.

Fonte: Globo Esporte