O zagueiro Demerson e o lateral-esquerdo Rafael Carioca podem ser as novidades do Paraná Clube na partida decisiva diante do Foz do Iguaçu, às 11h (horário de Brasília), pelo jogo de volta das quartas de final do Campeonato Paranaense. A dupla aparece como opção do técnico Claudinei Oliveira caso os titulares Alisson e Fernandes sejam oficialmente vetados pelo departamento médico tricolor. O primeiro dificilmente vai reunir condições de jogo, segundo o treinador.

O zagueiro sofreu um corte profundo atrás da orelha direita e no rosto no empate em 1 a 1 com o Estanciano, pelo jogo de ida da primeira fase da Copa do Brasil, e foi substituído ainda na etapa inicial. Já o ala teve uma entorse no tornozelo direito e chegou de cadeira de rodas na capital paranaense no desembarque da delegação paranista, na manhã de quinta-feira.

 Contra o Estanciano, Demerson foi a opção escolhida por Claudinei para a vaga de Alisson. Contratado em fevereiro, após a saída de Luiz Felipe para o Santos, o defensor estreou na 10ª rodada, no empate em 3 a 3 com o Foz, e permaneceu como titular no jogo seguinte, no empate em 0 a 0 com o PSTC, mesma situação de Rafael Carioca.

No caso do lateral, o jogador voltou a vestir as cores do tricolor após quatro meses sem atuar. O ala não jogava uma partida oficial desde novembro no ano passado.

De lá para cá, Carioca teve uma ação na Justiça negada para rescisão contratual e voltou a treinar no clube em março.Se confirmados na equipe paranista para domingo, o zagueiro e o lateral-esquerdo farão a terceira partida como titulares no Tricolor no Campeonato Paranaense.

Confira tambémJogos e classificação do ParanaenseDetalhes sobre venda de ingressosParaná tira lições para vaga no estadual Com dois gols seguidos, Zé Roberto ganha elogios de Claudinei Após o empate com o Estanciano, Claudinei não quis adiantar qual formação pretende colocar em campo no domingo, já que o time possui grande vantagem para a segunda partida, além da viagem no meio de semana para o compromisso pela Copa do Brasil.- A minha ideia é sempre colocar o que tem de melhor, a gente valoriza a competição.

Pelo que sei e me passam, o pico de desgaste vai ser 48 horas depois da partidas. Pode ser que tenha uma outra equipe, mas vamos com o que temos de melhor, independe de qualquer coisa – disse o treinador ainda em Sergipe.

Uma provável formação do Paraná conta com Marcos; Nei, Demerson, Zé Roberto e Rafael Carioca; Jean (Lucas Otávio), Anderson Uchôa (Leandro Vilela), Nadson, Válber e Robson; Lúcio Flávio (Toni). O Paraná Clube volta a campo no próximo domingo, às 11h (horário de Brasília), diante do Foz do Iguaçu, pelo jogo de volta das quartas de final do Campeonato Paranaense.

Na primeira partida, o Paraná venceu por 3 a 0. O jogo terá a arbitragem de Fábio Marcos Zoccante e será acompanhado pelo Tempo Real do GloboEsporte.

com, com vídeos dos principais lances do duelo, a partir das 10h30.Confira mais notícias do esporte paranaense em globoesporte.

com/parana
.

Fonte: Globo Esporte