Acabou a
agonia de Rafinha ao olhar cada folha do calendário sendo descartada. Longos
nove meses após uma grave lesão no joelho, o lateral-esquerdo voltou a ser
titular pelo River-PI. O retorno aos gramados veio com a vitória em cima do
Picos, por 4 a 0, na segunda rodada do returno.

Rafinha atuou durante os 90
minutos e fez uma avaliação da reestreia.  

– Depois de
nove meses sem fazer uma partida oficial é um prazer.

Entrei feliz na hora de
concentrar, entrar em campo em campo. Deu tudo certo.

Agora é só manter, pegar o ritmo de jogo e
poder fazer boas partidas – comemorou.

Rafinha rompeu
os ligamentos do joelho na intertemporada do River-PI na Série D
do Brasileiro, em julho do ano passado, e passou por uma cirurgia no
mês de setembro.

Depois, foram seis meses entre fisioterapia, trabalhos de fortalecimento
e treinos físicos. Atuar em 90 minutos logo no seu primeiro jogo como titular
pós-lesão encheu de confiança o jogador.

 

– Agora é melhorar um pouco mais e fazer bons treinamentos para que o
professor (técnico Capitão) possa vir a ter mais confiança em mim. Não estou
100%, estou tranquilo.

Agora é só pegar o ritmo de jogo e fazer boas partidas.

Rafinha
substituiu Jadson, zagueiro improvisado na lateral esquerda que acabou virando
dono da posição pelo rendimento no setor.

Ainda na vaga, há Marquinhos. O
lateral reconheceu o setor concorrido e agradeceu ao técnico Capitão pelo voto
de confiança.

 

– Acho que sim
(briga pela posição), o professor deu uma moralzinha para mim. Acho que depois
de nove meses fazer uma partida daquela, intensa.

Foi um jogo muito bom, não foi
do mesmo jeito que vinha antes de me machucar, mas fui bem – comentou Rafinha.O River-PI descansa nesta terça-feira e volta aos treinos no CT Afrânio Nunes na quarta, véspera do jogo contra o Goiás pela primeira fase da Copa do Brasil.

Pelo estadual, o time joga no domingo, contra o Caiçara. 
.

Fonte: Globo Esporte