Contratado no início da temporada, o atacante Diego Lira
marcou seu primeiro gol pelo River-PI na derrota por 2 a 1 para o Parnaíba, na
primeira rodada do returno do Campeonato Piauiense. O jogador credita a derrota às condições ruins do
campo e da arbitragem, mas comemora, por outro lado, a marca pessoal e espera ser utilizado com
mais frequência, talvez já no próximo jogo contra o Picos, domingo, em Teresina. Os dois times foram derrotados na primeira rodada e um novo revés pode complicar as chances de classificação para a próxima fase.

Quando a equipe perdia por 2 a 0, Diego Lira aproveitou a
assistência de Júnior Xuxa para diminuir. Apesar da derrota, o atacante
ressalta a garra da equipe diante das condições adversas no estádio Mão Santa,
em Parnaíba.

– O importante foi que a nossa equipe lutou até o final.
Apesar das dificuldades que a gente teve, em um jogo difícil, com campo ruim.

A
arbitragem, na minha opinião, nos prejudicou um pouco, porque amarrou muito o
jogo – diz o jogador.O atacante teve oportunidade de atuar com um time
praticamente reserva do Galo, desfalcado de nove titulares.

Com o gol marcado,
Diego espera ter somado pontos com o técnico Capitão e assim ser usado com mais
frequência nos jogos do Galo.- Estou feliz também pelo gol.

Foi o primeiro, é um gol que
me dá confiança, para continuar trabalhando motivado e quando o professor
precisar eu possa entrar e ajudar a equipe – afirma.O pensamento de Diego agora se volta para o próximo jogo,
quando o River-PI reedita a final do primeiro turno contra o Picos.

Para ele,
um jogo difícil entre duas equipes que se conhecem muito bem dado ao número de
vezes que se enfrentaram só nestes primeiros meses de temporada.- Agora é já pensar no próximo jogo contra o Picos.

Se a
gente quer chegar de novo na final, temos que vencer em casa e não deixar de somar
pontos fora. Eles vão vir precisando vencer.

Será o terceiro jogo em menos de
20 dias com a equipe do Picos. Eles conhecem o nosso time, nós conhecemos o
deles, então o professor vai ter que montar uma equipe que vai ser capaz de
vencer a partida – analisa o atacante.

.

Fonte: Globo Esporte