O diretor de futebol do São José, Eduardo Peneluppi, falou sobre o rebaixamento da equipe à quarta divisão do estadual. Em entrevista por telefone, destacou que a partir de agora vai priorizar no acerto de pagamentos atrasados com o elenco.LEIA MAIS: Capitão do São José admite parcela de culpa em queda do São José– É uma situação delicada que estamos passando.

Não caiu o golpe ainda. Mas é tentar levantar a cabeça.

Não quero falar sobre elenco, treinador, os possíveis erros. Queremos e vamos conversar com presidente (Benevides Ferneda, o Geléia), conselheiros.

Temos que acertar o vencimento de alguns meses e fechar o balanço – disse.Durante a Série A3 do Campeonato Paulista, o time sofreu com os problemas fora de campo, como a falta de estrutura, salários atrasados e parcerias falsas.

Veja mais detalhes em reportagem especial aqui. O São José nem disputou a última rodada da terceira divisão estadual, uma vez que ganhou por W.

O. do Fernandópolis.

Mas a combinação de resultados fez com que os joseenses encerrassem a participação em 15º lugar, com 23 pontos.Procurado pela reportagem, a parceira do São José nessa Série A3, a empresa Revela Brasil, explicou que rompeu o acordo com a Águia do Vale durante a competição.

– Não temos mais nada a ver com o São José. O presidente do clube (Geléia) rompeu com a gente na 15ª rodada e disse que assumiria a  responsabilidade de arcar com os pagamentos dos atletas.

Não entendi o motivo (desse rompimento), porque estávamos pagando tudo em dia, em ordem. Agora a situação está nas mãos dele – afirmou um dos diretores da empresa.

.

Fonte: Globo Esporte