Para Edgard Montemor, diretor executivo do São Bernardo, uma possível vinda de Sérgio Soares do clube paulista para o Ceará não seria um problema. Em entrevista ao GloboEsporte.com no início da noite desta segunda (28), o dirigente afirmou que não conversou com o treinador, mas que entenderia uma saída precoce de Sérgio Soares do time, que ainda busca permanecer na elite do Paulista.

 – Ninguém ligou para fazer consulta. Não estou sabendo ainda.

A gente está para definir nossa situação. A ida dele pode ser conversável.

Sem maiores problemas de entrar em acordo. Não tem cláusula.

Ele veio para finalizar um campeonato curto, já pegou na metade – afirma o dirigente. O São Bernardo ainda tem dois jogos decisivos pela frente e luta contra o rebaixamento no estadual.

Sérgio Soares, no entanto, aparece como um dos mais cotados para assumir o Ceará, após a saída de Lisca. Nesta segunda, o Vovô comunicou que Christian Souza comandará o time de forma interina diante do Santa Cruz, na quarta, no Nordestão.

– É um contrato que termina na primeira fase, caso o São Bernardo não se classifique para as quartas do Paulistão. É o que te falei, a gente joga quinta e domingo, são dois jogos que vão decidir a gente na primeira divisão.

Se for do interesse do Sergio, é difícil para um treinador recusar uma equipe como o Ceará para ficar no São Bernardo que talvez não tenha calendário no segundo semestre. A gente entende o lado do treinador.

 Não conversei com o Sergio hoje (na segunda) ainda. Às vezes ele foi procurado realmente.

Falarei com ele amanhã (terça) – declarou o dirigente do São Bernardo. Mais informações em instantes 
.

Fonte: Globo Esporte