O
técnico Dorival Júnior quase não pôde contar com Lucas Lima
na partida contra a Ferroviária, nesta quinta-feira. De volta da seleção
brasileira, o meia teve uma indisposição antes do jogo válido
pela 13ª rodada do Campeonato Paulista, na Vila Belmiro, e ficou no
banco, mas entrou no segundo tempo e foi decisivo para o Santos.
 
Depois da vitória por 4
a 1, que garantiu a classificação do Peixe para o mata-mata do
Campeonato Paulista, Dorival perdeu até as palavras para elogiar Lucas
Lima.

O jogador fez o Alvinegro mudar completamente
o ritmo na etapa final, com boas jogadas pelo meio e bolas enfiadas.> TABELA DE GRUPOS DO PAULISTÃO> CLASSIFICAÇÃO GERAL DO ESTADUAL
 
– Não tenho mais o que
falar (do Lucas Lima).

Tudo o que observamos antes se confirma a cada
rodada. Ele sabe da importância que tem para a nossa equipe e começa a
chamar a atenção na seleção brasileira.

É isso
que ele está buscando. Ele não tinha condições de iniciar o jogo.

Corremos um risco grande no segundo tempo, mas ele se dedicou e
conseguiu superar o problema que tinha. Fez uma bela partida – disse o
treinador.

 
O Santos começou o jogo
perdendo, sem conseguir ter a posse de bola e marcar a Ferroviária.
Depois do intervalo, passou a dominar as principais ações e a agradar ao
técnico Dorival Júnior.

 
– Passamos a jogar no
campo da Ferroviária. Diminuímos as opções de saída de bola deles.

A
partir daí, crescemos. Os gols saíram pela busca dos jogadores nos 45
minutos finais – completou.

 
O Peixe volta a campo no domingo, contra o Capivariano, na Arena Capivari, às 18h30 (de Brasília), pela 14ª rodada do Paulistão.
.

Fonte: Globo Esporte