Vivo na briga pelo título do Campeonato Catarinense de 2016, o Figueirense se prepara para mais um clássico diante do Avaí. Na manhã desta sexta-feira, no gramado do estádio Orlando Scarpelli, o Alvinegro realizou o penúltimo treinamento antes do confronto, marcado para a tarde de domingo, às 16h. Apesar de ser fechado à imprensa, uma das ausências no trabalho foi revelada pelo próprio treinador na entrevista coletiva antes da atividade.

+ Figueirense ou Avaí: quem vence o clássico na sétima rodada do returno?+ Com “créu” nos currículos, Eutrópio e Silas se enfrentam pela primeira vezDe acordo com Vinícius Eutrópio, o atacante Dudu não participou de dois treinos realizados durante a semana. O motivo são as dores no tornozelo e panturrilha, ocasionadas, segundo ele, por pancadas recebidas dos jogadores da Chapecoense na partida do último sábado.

Por isso, o atleta foi poupado, mas a presença entre os 11 titulares é praticamente certa.- O Dudu tomou uma série de pancadas no último jogo, e realmente está dolorida a região de tornozelo e panturrilha.

E nós poupamos o Dudu para que possamos minimizar as dores e ele possa estar apto a jogar. Não vai ter problema, vai para o jogo.

Provavelmente titular – confirmou.Não vai ter problema, vai para o jogo.

Sem poder contar com Everton Santos e Rafael Moura – os dois atacantes vão cumprir suspensão na sétima rodada do Catarinense -, o comandante terá que mexer na equipe alvinegra e, mais uma vez, não poderá repetir a mesma formação. Conforme Eutrópio, Dodô e Gabriel Esteves são cotados para as vagas, mas a confirmação da titularidade será feita apenas minutos antes da bola rolar.

Ainda à disposição, o Figueira conta com Gustavo Ermel e Guilherme Queiroz no setor ofensivo.- Lá em Lages (contra o Inter) tivemos o Gabriel como 9, e o Dodô estava aberto na esquerda.

Em Brasília, contra o Flamengo, tivemos o Dodô como falso 9. Temos essas duas opções.

Coincidentemente nos dois jogos fomos bem. O Gabriel foi bem como 9, é um pouco mais agudo que o Dodô, usamos contra o Metropolitano e contra o Inter de Lages, que nós ganhamos, e o Dodô, quando esteve contra o Flamengo, também fomos bem.

Eu tenho essas duas opções, testei essas duas opções, vou continuar testando para que a gente decida o que for melhor – finalizou.Figueirense e Avaí entram em campo na tarde do próximo domingo, 10 de
abril, às 16h, pelo returno do Campeonato Catarinense
de 2016.

O confronto acontece no estádio Orlando Scarpelli.Confira mais notícias do esporte de Santa Catarina no GloboEsporte.

com/sc
.

Fonte: Globo Esporte