Dudu não vê a hora da bola rolar para o clássico
do próximo domingo, no Orlando Scarpelli. Em bom clima de rivalidade, o
jogador, que voltou a ser titular com o técnico Vinícius Eutrópio, pouco quis
saber do momento ruim que vive o arquirrival Avaí. Para ele, se o Leão está com seis
derrotas seguidas no Catarinense (mais uma na Primeira Liga), o momento é de, no domingo, chegar até a
sétima.

O  atacante sabe da importância que tem o clássico para o Figueirense.  Dudu enxerga que o Alvinegro chega para
a partida em um melhor momento – são quatro jogos sem derrotas, contra uma sequência de resultados negativos do maior rival.

Como base na primeira partida do turno, quando o
Avaí venceu por 1 a 0, em um momento que o Figueira estava em situação ruim,
Dudu espera poder dar o troco no adversário.- Acho que sim, podemos aproveitar isso, sim (o momento ruim
do Avaí).

Do mesmo jeito que no primeiro turno nós não vínhamos em uma
sequência muito boa e eles venceram. Então, eles estão há seis jogos sem
vitórias e vamos procurar fazer a sétima, clássico é desse jeito, que seja a sétima.

Vamos procurar
somar as nossa forças para conseguir a nossa vitória – disse. Dudu, nestes dias que
antecedem a partida, tenta controlar a ansiedade.

O atacante explica que este é
um dos jogos mais importantes do clube e que o momento é de evolução do
Alvinegro. – A expectativa é muito grande, quem não gosta de jogar um
clássico? Ainda mais em santa Catarina, o único clássico talvez, todo torcedor
fala isso.

Estamos há quatro jogos sem perder, estamos em evolução e domingo
tomara que a gente possa ganhar em casa – explicou.Confira mais notícias do esporte de Santa Catarina no GloboEsporte.

com/sc
.

Fonte: Globo Esporte