Volante de origem e lateral-direito quando necessário, Éder
precisou passar por uma transformação no início deste ano. Ainda durante a
pré-temporada, em conversa com Doriva, recebeu a oferta de atuar como zagueiro.
O elenco precisava de peças para o setor, pois contava apenas com Robson,
Gustavo e Dedé como opções.

Pouco aproveitado em 2015, quando foi promovido ao
elenco profissional, o jovem atleta de 21 anos aceitou a proposta do treinador.
E a mudança não tardou a ser recompensada.

 

Com 13 partidas disputadas em 2016, Éder é um dos destaques
do início de temporada do Bahia. Na última quarta-feira, diante do Globo, pela
primeira fase da Copa do Brasil, o agora zagueiro marcou o primeiro gol como
profissional.

Na comemoração, abraçou Robson, companheiro de defesa, e correu em
direção ao banco de reservas para celebrar com os colegas de time.

– Felicidade extrema de ter marcado.

Há jogos venho buscando
esse gol, para ganhar ainda mais confiança e dar seguimento no trabalho que
venho fazendo. Finalmente e felizmente ele saiu.

(..

.) Comemorar é agradecer a
Deus sempre, correr para o banco para comemorar com a turma toda, é oferecer a
minha família que estava assistindo.

Já estava projetando tudo isso. Parece que
eu já sabia que sairia o gol – disse o defensor tricolor.

O gol de Éder surgiu no início da partida contra o Globo.
Ele aproveitou uma falta cobrada por Rômulo e surgiu com liberdade nas costas
da defesa do time do Rio Grande do Norte para se lançar em direção à bola e
finalizar de cabeça para o fundo das redes.

O zagueiro conta que a jogada é trabalhada
e elogia Rômulo pela assistência prestada.

– É uma jogada treinada, sim.

Sempre buscamos aperfeiçoar
isso. O Rômulo cobrou a falta com perfeição e onde eu queria.

Graças a Deus, deu
certo. Eu disse a ele que parece que jogou com a mão – pontuou.

Como zagueiro, Éder tem a chance de balançar as redes quase
sempre com as bolas paradas. Ele conta ter gostado da experiência de marcar um gol
como profissional e espera que novas chances surjam no decorrer da temporada.

– Espero que eu volte a marcar novamente logo. Minha função
é defender, mas não dá para negar que balançar as redes é muito bom! –
finalizou.

Saiba mais:Fique por dentro das notícias do esporte baianoClique aqui e assista a vídeos do Bahia
.

Fonte: Globo Esporte