A abertura das quartas de final da Liga dos Campeões tem promessa de bola na rede em Munique. O Bayern, de Lewandowski, recebe o Benfica, de Jonas, buscando confirmar o favoritismo declarado pelo próprio treinador Pep Guardiola. Enquanto os alemães têm no polonês a referência de artilheiro, com oito gols na edição da Champions, os portugueses depositam toda a confiança no atacante brasileiro, líder da Chuteira de Ouro da temporada.

A bola rola na Alemanha a partir das 15h45 (de Brasília) e você acompanha todos os detalhes em Tempo Real no GloboEsporte.com.

> Quer ir à final da Liga dos Campeões? Clique aqui e participe da promoção. Boa sorte!Sem Boateng e Badstuber, Guardiola mantém a linha defensiva com Alaba com mais responsabilidade na marcação.

Mas é o ataque que mais chama a atenção na equipe alemã, principalmente Robert Lewandowski. Dos 25 gols marcados, oito saíram dos pés do polonês.

A média na temporada é de 36 bolas na rede nos 40 jogos em que esteve em campo, motivo de ser colocado como principal esperança da torcida.Jonas não fica atrás.

Entre os “Encarnados”, é o mais decisivo. Na corrida pela Chuteira de Ouro – prêmio dado ao jogador com mais gols nas liga nacionais europeias, cada uma com seu respectivo peso -, o brasileiro divide a primeira posição com Higuaín, ambos com 30 gols.

A boa notícia para o jogador do Benfica é a provável suspensão do argentino do Napoli por quatro jogos após reclamação ao tomar cartão vermelho.  Guardiola segue em busca do título da Champions antes de deixar o Bayern de Munique – o espanhol já está acertado com o Manchester City para a próxima temporada.

Na entrevista coletiva de segunda-feira, o treinador não poupou elogios à linha de quatro defensores do Benfica, que continua sem contar com Luisão, mas assumiu o favoritismo do “melhor time do mundo”, como o próprio avalia o clube alemão, principalmente pela classificação histórica diante do Juventus, nas oitavas, com empate no fim do tempo regulamentar e vitória na prorrogação.Rui Vitória, muito criticado no início da temporada, não esconde a felicidade pelo atual momento na temporada.

Na visão do treinador, encarar o Bayern, em Munique, é tão importante quanto enfrentar qualquer outro adversário. O grande ponto a ser destacado é o ímpeto ofensivo do comandante, que promete manter o estilo de jogo diante do gigante alemão.

– É o mais importante porque é o próximo. Todos os jogos são vistos desta forma.

Na sexta-feira era o Braga, agora é o Bayern. Estarmos entre as melhores equipas europeias é uma satisfação grande, contra um adversário midiático e forte.

Mas nada muda a minha forma de pensar, nada me ilude. Temos uma missão, sabemos qual é essa missão aqui em Munique e vamos jogar contra eles com unhas e dentes, determinação, acreditando no que estamos fazendo e sem dramas.

Esse é o nosso maior trunfo.PROVÁVEIS ESCALAÇÕESBAYERN DE MUNIQUE: Neuer; Lahm, Kimmich, Alaba e Bernat; Xabi Alonso, Vidal, Coman e Douglas Costa (Ribéry); Thomas Müller e Lewandowski.

 BENFICA: Ederson; André Almeida, Lindelof, Jardel e Eliseu; Fejsa, Renato Sanches, Gaitán e Pizzi; Jonas e Mitroglou. 
.

Fonte: Globo Esporte