Paysandu e Remo se enfrentam neste domingo, no Mangueirão,
com o clássico mais uma vez recheado de atrativos e decisivo para o futuro das
duas equipes no segundo turno do Campeonato Paraense. Com o estádio liberado
para receber 35 mil pessoas, após nova avaliação das autoridades, o preço da
arquibancada a R$ 30 é convidativo. Com os resultados da quarta rodada, asduas equipes entram em campo precisando da vitória para voltarem a zona de classificação para a semifinal.

Do lado do Paysandu, o que chama a atenção são as dúvidas do
treinador Dado Cavalcanti, que tem o retorno de suspensão de Fernando Lombardi
e a ausência de Vélber, no departamento médico. Além disso, Celsinho e Raphael
Luz seguem como dúvidas para o confronto, com o segundo tendo mais chances de
atuar.

Já no Remo a atração maior é a estreia do treinador Marcelo
Veiga, que ocupa o lugar do demitido Leston Júnior. Sem muitas opções e com
João Victor lesionado, Veiga deve improvisar Murilo na esquerda, fazendo
algumas mudanças no posicionamento de todo a equipe para tentar se manter vivo
no Parazão.

A arbitragem também chama a atenção. O paraense <i>Gustavo</i> Ramos <i>Melo, de apenas 25 anos, vai comandar a
partida.

Ele </i>será auxiliado por Hélcio Araújo Neves e José Ricardo,
com Benedito Pinto da Silva como quarto árbitro e Bárbara Roberta da Costa
Loiola sendo a quinta árbitra. Remo e Paysandu se enfrentam neste domingo, às 16h, no
Mangueirão, pela quarta rodada do segundo turno do Campeonato Paraense.

 O
GloboEsporte.com vai acompanhar o jogo em Tempo Real, com vídeos dos gols.

Paysandu: Com várias dúvidas no departamento médico, Dado
Cavalcanti deve colocar o time com Emerson, Roniery, Fernando Lombardi, Pablo e
Lucas; Ricardo Capanema, Augusto Recife, Marcelo Costa e Raphael Luz; Betinho e
Bruno Veiga (Leandro Cearense). Remo: Se Ciro realmente ganhar condição de jogo, o time de
Marcelo Veiga deve ter Fernando Henrique; Levy, Ítalo, Henrique e Murilo;
Chicão, Yuri, Marco Goiano e Eduardo Ramos; Ciro e Luiz Carlos Imperador.

Paysandu: Os bicolores não vão poder contar com o zagueiro
Gualberto, o lateral Raí e o meia Vélber, todos no departamento médico. Remo: Os azulinos não vão contar com o lateral João Victor,
lesionado.

.

Fonte: Globo Esporte