Alemanha goleia a Itália e encerra jejum de 21 anos; veja os gols
O jogo começou sem muitas chances para os dois lados. Com oito alterações em relação ao time que começou a partida contra Alemanha, vencida por 3 a 2, o time inglês teve um pouco de dificuldades para criar. Já a seleção holandesa conseguiu duas oportunidades, mas nenhuma delas ofereceu grande perigo para o goleiro Forster.

Aos 14 minutos, houve uma homenagem ao craque holandês Johann Cruyff, onde todos os torcedores ficaram de pé e aplaudiram.
Após os trinta minutos de jogo, o time inglês conseguiu criar mais, principalmente do lado esquerdo com o lateral Danny Rose.

E foi justamente do lado esquerdo que se deu inicio a jogada do primeiro gol inglês, aos quarenta minutos: Milner puxou o ataque, tocou para a entrada da área onde estava Lallana, que abriu na direita para Walker, que deixou Vardy na cara do gol, e ele não desperdiçou a chance de fazer o centésimo gol da equipe inglesa sob o comando do técnico Roy Hodgson. Ainda na primeira etapa, o atacante holandês Promes machucou o joelho direito e foi substituído por Narsingh.

Na segunda etapa, a seleção holandesa partiu para cima, e em um erro da zaga inglesa na saída de bola, Janssen perdeu uma grande chance, mas na sequência do lance, o juiz marcou mão na bola do lateral Danny Rose dentro da grande área: pênalti para a Holanda, convertido por Janssen, empatando a partida em 1 a 1.
Aos quinze minutos, o técnico Roy Rodgson fez sua primeira alteração na equipe: Walcott no lugar de Sturridge.

Alguns minutos depois, Walcott fez uma bela jogada pela direita, mas na hora de finalizar, chutou por cima do gol. O técnico inglês então fez mais duas mudanças: entraram Jagielka e Harry Kane, saíram Smalling e Lallana, respectivamente.

A seleção inglesa partiu em busca do segundo gol, com boas jogadas pela direita, principalmente com o meia Milner.
Mas quem chegou ao segundo gol foi à Holanda: Bazoer dominou a bola na meia esquerda, tocou para Janssen na entrada da área, que trombou com o zagueiro Jagielka e enquanto a defesa inglesa ficou pedindo falta, ele cruzou rasteiro para Narsingh finalizar e virar o jogo para a seleção holandesa no Wembley Stadium.

A Inglaterra seguiu no ataque, e o técnico Roy Rodgson fez mais algumas mudanças no time, mas não teve jeito: o placar seguiu até o fim à favor do time holandês. Essa vitória pode representar um recomeço para a Holanda, que não vai disputar a Eurocopa e terá um grupo difícil nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 (estão no mesmo grupo: França, Suécia, Bulgária, Luxemburgo e Bielorrússia).

Já a Inglaterra segue se preparando para a disputa do torneio continental, e essa derrota não deve mudar os planos do técnico Roy Rodgson para a competição.

.

Fonte: Torcedores.com