Se tem algum jogador no Cruzeiro repleto de experiência em clássicos, este cara é o goleiro Fábio. Desde quando chegou ao clube, em 2005, o capitão já enfrentou o maior rival nada menos que 48 vezes. O retrospecto é favorável.

Foram 21 vitórias, 13 empates e 14 derrotas, em partidas que entraram para a história e geram comentários até hoje, como as duas goleadas cruzeirenses por 5 a 0 em duas finais de Mineiro consecutivas, e a derrota por 4 a 0, no jogo do polêmico gol que Fábio sofreu de costas. O clássico mexe com Fábio, que não nega a importância do maior jogo de Minas Gerais.

Mas, do alto de suas 677 partidas com a camisa do clube, o goleiro encara o jogo deste domingo, às 11h (de Brasília), no Estádio Independência, com naturalidade e calma.- Encaro de uma forma bem tranquila.

Estamos bem acostumados a trilhar essa
situação de clássico. Já vem ao longo de muitos anos dessa forma, não só
em Minas, mas no Brasil todo.

Sempre gera especulações, formas de
trabalhar. Todos já estamos acostumados, todos jogadores, todos da
imprensa.

O mais importante é em campo. não adianta trabalhar de forma
positiva na semana e não ter atitude ideal para colocar em prática no
jogo.

É ter tranquilidade, assumir as responsabilidades. E, quando
chegar em campo, colocar bom futebol, fazer o melhor para vencer e ser
superior ao adversário.

Fábio usa de sua experiência para explicar aos jogadores mais novos o quão importante o clássico é para os mineiros. O goleiro acredita que o Cruzeiro tem tudo para fazer uma boa partida e dar a ele sua
22ª vitória sobre o Atlético-MG.

– Primeiramente, é usufruir dessa oportunidade, de disputar jogo tão importante. Isso é o principal para mexer com atleta.

Muitos que estão aqui terão a oportunidade pela primeira vez. Eles vão vivenciar esse momento ímpar do primeiro clássico.

Mesmo fora, a responsabilidade é igual. O primordial é vivenciar o momento, colocar tudo em campo, para fazer grande trabalho e sair com resultado positivo.

Números de Fábio contra o Atlético-MG e lista de jogos48 jogos: 21 vitórias, 13 empates, 14 derrotas, 61 gols sofridos  Campeonato Mineiro20/02/2005 – Cruzeiro 0 x 2 Atlético-MG26/03/2005 – Cruzeiro 1 x 0 Atlético-MG03/04/2005 – Cruzeiro 0 x 0 Atlético-MG05/02/2006 – Cruzeiro 1 x 1 Atlético-MG19/03/2006 – Cruzeiro 2 x 2 Atlético-MG26/03/2006 – Cruzeiro 2 x 0 Atlético-MG10/02/2007 – Cruzeiro 1 x 3 Atlético-MG29/04/2007 – Cruzeiro 0 x 4 Atlético-MG09/03/2008 – Cruzeiro 0 x 0 Atlético-MG27/04/2008 – Cruzeiro 5 x 0 Atlético-MG04/05/2008 – Cruzeiro 1 x 0 Atlético-MG15/02/2009 – Cruzeiro 2 x 1 Atlético-MG26/04/2009 – Cruzeiro 5 x 0 Atlético-MG03/05/2009 – Cruzeiro 1 x 1 Atlético-MG20/02/2010 – Cruzeiro 3 x 1 Atlético-MG12/02/2011 – Cruzeiro 3 x 4 Atlético-MG08/05/2011 – Cruzeiro 1 x 2 Atlético-MG15/05/2011 – Cruzeiro 2 x 0 Atlético-MG08/04/2012 – Cruzeiro 2 x 2 Atlético-MG03/02/2013 – Cruzeiro 2 x 1 Atlético-MG12/05/2013 – Cruzeiro 0 x 3 Atlético-MG19/05/2013 – Cruzeiro 2 x 1 Atlético-MG16/02/2014 – Cruzeiro 0 x 0 Atlético-MG06/04/2014 – Cruzeiro 0 x 0 Atlético-MG13/04/2014 – Cruzeiro 0 x 0 Atlético-MG08/03/2015 – Cruzeiro 1 x 1 Atlético-MG12/04/2015 – Cruzeiro 1 x 1 Atlético-MG19/04/2015 – Cruzeiro 1 x 2 Atlético-MGCampeonato Brasileiro10/07/2005 – Cruzeiro 2 x 1 Atlético-MG16/10/2005 – Cruzeiro 1 x 0 Atlético-MG16/09/2007 – Cruzeiro 4 x 3 Atlético-MG13/07/2008 – Cruzeiro 2 x 1 Atlético-MG19/10/2008 – Cruzeiro 2 x 0 Atlético-MG12/10/2009 – Cruzeiro 1 x 0 Atlético-MG01/08/2010 – Cruzeiro 1 x 0 Atlético-MG24/10/2010 – Cruzeiro 3 x 4 Atlético-MG28/08/2011 – Cruzeiro 2 x 1 Atlético-MG26/08/2012 – Cruzeiro 2 x 2 Atlético-MG02/12/2012 – Cruzeiro 2 x 3 Atlético-MG28/07/2013 – Cruzeiro 4 x 1 Atlético-MG13/10/2013 – Cruzeiro 0 x 1 Atlético-MG11/05/2014 – Cruzeiro 1 x 2 Atlético-MG21/09/2014 – Cruzeiro 2 x 3 Atlético-MG06/06/2015 – Cruzeiro 3 x 1 Atlético-MG13/09/2015 – Cruzeiro 1 x 1 Atlético-MGTorneio de Verão, disputado em janeiro de 2009, no Uruguai17/01/2009 – Cruzeiro 4 x 2 Atlético-MGCopa do Brasil12/11/2014 – Cruzeiro 0 x 2 Atlético-MG26/11/2014 – Cruzeiro 0 x 1 Atlético-MG
.

Fonte: Globo Esporte