As atuações de Caíque no gol
do Vitória, quando solicitado, fizeram com que pedidos de sua permanência no
time começassem a ser feitos na Toca do Leão. Isso enquanto Fernando Miguel
estava machucado. Mas com o retorno do camisa 1, o técnico Vagner Mancini
ganhou aquilo que muitos chamam de dor de cabeça positiva.

O treinador do Leão tem que
decidir quem ficará com o posto para o primeiro jogo da semifinal do Baiano,
contra a Juazeirense, no próximo fim de semana. Personagem principal neste
enredo, Fernando Miguel avalia que a disputa é boa para o time.

– Essa disputa por posição é
importante para o clube. Prova que nosso grupo está bem servido em todas as
posições.

O Caíque é um garoto promissor, com um potencial enorme e não
surpreende as atuações que ele teve até aqui. Fico feliz que em vê-lo crescer,
pois é um jovem que trabalha duro todos os dias, assim como eu, e está tendo o
seu trabalho reconhecido.

Nosso elenco é muito unido e todos trabalham duro para
representar bem este clube – afirmou.Recuperado da lesão muscular
na coxa, o goleiro mantém o foco no próximo compromisso do Leão.

Fernando
Miguel espera que o Rubro-Negro não seja surpreendido para chegar à decisão do
Campeonato Baiano.- Estou recuperado e pronto
para voltar a ajudar o Vitória.

É sempre complicado ficar fora por lesão ou por
qualquer outro motivo. Mas agora é pensar na Juazeirense, nosso próximo
compromisso.

Vamos tentar fazer duas boas apresentações para garantir vaga nas
finais do Campeonato Baiano – disse.LEIA MAISFique por dentro das notícias do esporte baiano Clique aqui e assista a vídeos do Vitória
.

Fonte: Globo Esporte