O técnico Athirson tem um verdadeiro quebra-cabeça para
montar a sua equipe para o primeiro jogo do segundo turno do Campeonato
Piauiense. A equipe não contará com seis jogadores, entre titulares e atletas
que costumam entrar no decorrer dos jogos. Além de quatro lesionados, Dudu está
suspenso pelo acúmulo de cartões amarelos e Jeferson Maranhão está sendo punido
por faltar aos treinos durante o feriado.

O lateral-direito Niel e os atacantes Caio Eltink fazem
trabalho separado do resto do grupo de jogadores, focando na recuperação
física. Augusto sentiu a coxa direita ainda no início da semana passada.


Niel e Caio tiveram problemas também na coxa direita, mas após o jogo contra o
Sampaio Corrêa, pela Copa do Nordeste. Apesar do trabalho de recuperação
física, é baixa a possibilidade de que eles joguem na primeira rodada do
returno.

– Fizemos uma viagem foi cansativa, 12 horas de Teresina à
São Luís. Vão fazer um teste para saber se podem jogar, mas em princípio os
três devem ficar de fora.

Vamos ver se até o final da semana eles podem ter
condições, para quarta-feira creio que não estejam recuperados – avalia o
preparador físico Marco Antônio.Outro jogador que também está no departamento médico é o
volante Zuza.

Com um entorse no tornozelo, o atleta ainda passa por avaliação
clínica e o seu caso é mais grave. O volante deve passar algumas semanas sem
poder atuar.

– Zuza não está podendo nem botar a chuteira, vai ficar
fazendo tratamento mas não tem previsão para retorno. Talvez daqui a 10 ou 15
dias ele pode voltar a treinar, aí vai ter que fazer a recuperação – comenta Marco
Antônio.

Suspensão e PuniçãoAlém dos quatro lesionados, Athirson também não poderá
contar com outros dois jogadores. Um deles é o atacante Dudu, suspenso após ter
levado o terceiro cartão amarelo no segundo jogo da semifinal do primeiro turno
contra o River-PI.

O outro é o meia Jeferson Maranhão, que não jogará por opção
do próprio técnico. Ele se ausentou dos treinos durante o feriado da semana
santa sem liberação da comissão técnica e da diretoria.

– Foi na semifinal (cartão de Dudu) e ainda assim conta. Eu
acho que deveria ser de outra forma, mas regulamento é regulamento e a gente
tem que respeitar.

O Maranhão infelizmente não vou levar ele para o jogo pelo
fato de não ter comparecido aos treinos no feriado. Ele só comunicou que não ia
vir, não foi liberado pela comissão nem pela diretoria.

É uma punição. Se
tivesse pedido autorização da diretoria, a gente pensaria se seria viável, como
teve outros jogadores que pediram e não teve problema nenhum.

Mas pela atitude
do atleta, não vamos levar – comenta Athirson.Com tantos desfalques, a regularização dos últimos
contratados se torna ainda mais urgente.

O meia Flavinho, que há quase 20 dias
treina com a equipe, assim como o atacante Geraldo e o lateral-direito João
Felipe, que chegaram na última semana, ainda não apareceram no BID. Caso os
jogadores sejam regularizados até às 19 horas desta terça-feira, podem estrear
já na primeira rodada.

– Com todos esses problemas, estamos torcendo para esses
jogadores que chegaram entrem no BID e aí eles podem entrar talvez até como
titulares – afirma o treinador.

O Flamengo-PI inicia a sua caminhada no returno
nesta quarta-feira.

Em Teresina, no Estádio Albertão, o Rubro-Negro enfrenta o
Cori-Sabbá às 20 horas.

.

Fonte: Globo Esporte