A primeira a gente nunca esquece. E este é o sentimento do
atacante Gabigol, do Santos, convocado para a seleção
principal. Ele entra na vaga de Neymar, suspenso, no jogo válido pelas
Eliminatórias contra o Paraguai, na próxima terça-feira, às 21h45 (de
Brasília), em Assunção – a TV Globo, o SporTV e o GloboEsporte.

com transmitem
ao vivo, e o site também acompanha em Tempo Real. Clique aqui e veja a entrevista do jogador após saber da sua convocação.

– Estou muito contente, quero agradece a Deus pela
oportunidade. Ao professor Dunga e também aos meninos que estão aqui comigo,
porque me ajudaram bastante, como a comissão técnica.

Acho que vou realizar um
sonho, até agora não estou acreditando. A ficha não caiu ainda, mas estou muito
contente por esta oportunidade – disse o atacante em entrevista ao canal
oficial da CBF.

Ainda buscando palavras para expressar toda a sua felicidade
pela convocação, Gabigol, que participou do amistoso em que a seleção olímpica perdeu por 1 a 0 para a Nigéria, afirmou
que estava dormindo ao lado do meia do Manchester United, Andreas Pereira,
quando foi acordado com o telefone tocando e a notícia de que Gilmar Rinaldi,
coordenador de seleções, queria falar com ele. Daí em diante, foi só alegria: – Estava com o Andreas no quarto, e combinamos de tomar café
às 9h.

Quando acordamos estávamos com muito sono, e ficamos mais um pouquinho
dormindo. Nesse tempo bateram na minha porta, me ligaram, e falei: “Não
vou atender, vou dormir.

Deve ser alguma coisa, os meninos zoando”. Só que o
Gustavo ligou, ligou, ligou.

..

E falou que o Gilmar queria falar comigo. Não
entendi muito bem, pensei que tivesse acontecido alguma coisa.

Falei com o
Andreas, e ele disse: “O que você fez?” Respondi que não fiz nada. O
Gilmar conseguiu falar comigo e meu deu a notícia.

.

Fonte: Globo Esporte