Deu a lógica na Arena. No confrontou entre o melhor classificado na primeira fase e o oitavo colocado, o Grêmio fez valer sua superioridade e passou sem sustos pelo Brasil de Pelotas na temida quartas de final de jogo único do Gauchão. Goleada por 4 a 1, com gols de Geromel, Bobô, Giuliano e Pedro Rocha.

Brock descontou para os xavantes.    A vitória coloca o Grêmio nas semifinais do Gauchão, onde cruzará com Juventude ou Ypiranga –  as duas equipes se enfrentam na próxima terça-feira.

Enquanto isso, o time de Roger Machado vira a chave e foca na Libertadores. Na manhã desta quinta, a delegação tricolor embarca para Quito, onde na próxima semana o time enfrenta a LDU, em jogo decisivo.

 Já tem virado rotina para o Grêmio nos últimos jogos: marcar gol cedo. Não foi diferente nesta noite.

Logo aos dois minutos, Douglas cobrou escanteio da esquerda, Geromel subiu mais do que a zaga rival e, de cabeça, abriu o placar. Era tudo que o Tricolor precisava.

A desvantagem no placar obrigava Rogério Zimmermann a abrir o sistema defensivo do Brasil e ir para cima, deixando espaços para o Tricolor aproveitar a velocidade de seus atacantes.De fato, o Brasil foi ao ataque e pressionou o Grêmio.

O time de Roger Machado, no entanto, parou após abrir o placar e sofreu com a pressão xavante, que foi ganhando terreno aos poucos, mas sem levar perigo ao gol de Marcelo Grohe. Aos 42, Nathan perdeu a melhor chance do time de Pelotas, ao cabecear livre dentro da área, pela linha de fundo.

 Na segunda etapa, o Grêmio voltou com Pedro Rocha no lugar de Bobô, preservada após sentir desconforto muscular. Walace, que atuava sobre os olhares de um emissário da Inter de Milão, sentiu o entorse no tornozelo sofrido ainda no primeiro tempo e caiu no gramado.

Saiu logo no primeiro minuto para a entrada de Edinho. Aí um jogo que parecia fácil começou a se complicar.

A esperança dos torcedores xavantes presentes na Arena renasceu aos seis minutos. A defesa gremista voltou a falhar na bola aérea em cobrança de escanteio da esquerda e Brock, livre na área, descontou.

O gol animou a equipe de Pelotas e trouxe uma pouco de instabilidade ao Grêmio. Mas aos poucos, o time de Roger foi se acertando em campo e fez valer sua superioridade.

Aos 28 minutos, Pedro Rocha furou em bola dentro da área, mas o rebote sobrou para Giuliano fazer o terceiro do Grêmio. Quatro minutos depois, virou goleada.

Luan fez um belo lançamento para Pedro Rocha tocar na saída de Martini e marcar o quarto do Grêmio, o sexto dele na temporada. Aí foi só administrar a vantagem até o final e garantir a vaga nas semifinais.

 Confira as notícias do esporte gaúcho no globoesporte.com/rs
.

Fonte: Globo Esporte