“granja comary do sul” tem complexo padrão fifasegurança reforçada e privacidade totalA Seleção desembarcou na manhã deste sábado, no Rio Grande Sul, vinda do Recife, em busca de privacidade, estrutura para trabalho e descanso antes de encarar o Paraguai, em Assunção, na terça-feira. Vai para um recanto verde em Viamão, distante cerca de 20 quilômetros de Porto Alegre, numa acomodação que pretende ser a “Granja Comary do Sul”.Os comandados de Dunga ficarão hospedados no Hotel Vila Ventura até segunda-feira à tarde, quando rumam a solo paraguaio.

Nas instalações, Neymar e companhia têm à disposição aposentos modernos, com segurança redobrada, e até gruta com hidromassagem, além de um complexo para treinamentos com gramados e vestiários com “padrão Fifa”.O ambiente é conhecido dos jogadores.

Antes de ir ao Chile para a Copa América, a seleção brasileira se hospedou no resort para o amistoso com Honduras, no Beira-Rio, em junho de 2015. O hotel ainda foi palco da concentração do Equador durante a Copa de 2014.

– Estamos entusiasmados. É uma confirmação de um trabalho que a gente fez, na preparação para a Copa América.

Nós ficamos felizes e, no momento, acredito que é o que os fizeram voltar. Nem é em Porto Alegre.

Eles estão vindo fazer a preparação em Viamão. É a cidade da Seleção no Sul.

Vir duas vezes em menos de um ano não é normal. Ainda mais sem jogo (no Rio Grande do Sul) – afirma o diretor do hotel, Samuel da Silveira, ao GloboEsporte.

com.01″granja comary do sul” tem complexo padrão fifaSelecionado pela Fifa para ser um dos aposentos oficiais das seleções na Copa, o Vila Ventura passou por uma série de reformas para se adequar aos padrões da entidade.

Assim, transformou suas instalações num complexo com estrutura semelhante à de grandes clubes. A começar pelo campo, com dimensões oficiais e sistema de drenagem e irrigação automatizada.

O complexo tem academia com aparelhos profissionais e vestiários. A pedido da CBF, as banheiras para terapia, com contraste de gelo e água quente, foram reativadas para uso dos atletas.

– A gente fez tratamento no gramado, para ele se manter. Está um tapete, mesmo com as chuvas recentes.

Ainda temos academia ao lado do campo, com equipamentos que foram pouco usados. Também ativamos as banheiras de contraste, com água quente e gelo, porque eles nos solicitaram.

Estamos com tudo pronto. Quando se recebe um cliente, temos que preparar a casa para que se sintam na Granja Comary – explica Marcelo Dessimon, coordenador de reservas do hotel.

01segurança reforçada e privacidade totalOs três dias de estadia da Seleção implicaram numa força-tarefa no hotel para ajustar os últimos detalhes nos aposentos que receberão os jogadores, comissão técnica e demais integrantes da delegação, com atenção especial a um detalhe: a conexão sem fio com a internet. Isso para garantir as postagens nas redes sociais, especialmente Neymar, o que tem mais seguidores no grupo.

Na cozinha, a equipe costumeira do hotel ganha reforço do chef da CBF para que não haja erro na composição do cardápio.Em uma estrutura “blindada” pela natureza que cerca o complexo, a privacidade deve ser plena para a Seleção, com segurança redobrada e reforço da Brigada Militar ao redor do resort.

O acesso ao hotel será restrito. Apenas pessoas autorizadas pela CBF poderão circular nas dependências.

– Nós tivemos uma ótima experiência durante a preparação para a Copa América. Nós revisamos os apartamentos e ajustamos alguns detalhes para que tudo esteja em condições ideais para descansar e relaxar, após uma viagem longa.

Revisamos até o sinal de internet. O principal ponto é a privacidade, de ter um hotel fechado.

Não estamos abertos a nenhum tipo de hóspede e temos uma estrutura blindada pela natureza. Até o campo de futebol está em torno da vegetação.

A primeira reserva nos deu uma prática. Agora, é só continuar o trabalho – ressalta Dessimon.

Confira as notícias do esporte gaúcho no globoesporte.com/rs
.

Fonte: Globo Esporte