Autor do gol que classificou o
Vila Nova para a semifinal do Campeonato Goiano no empate por 1 a 1 contra a
Aparecidense, no último domingo, o atacante Diego Cardoso, de 22 anos, foi o
convidado do programa Globo Esporte desta segunda-feira. O jogador, que entrou
na vaga de Frontini e balançou as redes para garantir o Tigrão na próxima fase
do estadual, admitiu o frio na barriga antes de entrar em campo, contudo,
celebrou o gol e a vaga.O Vila está na semifinal da
competição depois de quatro anos.

O adversário será definido no próximo domingo
e será Goiás ou Atlético-GO. Entre outros assuntos, Diego Cardoso também falou
sobre o próximo clássico no caminho colorado e evitou destacar Verdão ou Dragão
como adversário ideal no mata-mata.

O atacante agradeceu pelo apoio da torcida,
elogiou o técnico Rogério Mancini e o companheiro Frontini. Confira:Os momentos que antecederam a
entrada em campo- Dá um frio na barriga.

Passa um
filme na cabeça. Mas entrei em campo agradecendo pela oportunidade.

Antes de
sair a jogada, eu orei. Felizmente aconteceu o gol.

SAIBA MAISVila Nova empata no fim e se classificaÚltima rodada define semifinais e rebaixadosConvivência com Frontini- Tenho aprendido muito com ele
no dia a dia. Ele (Frontini) me deu a dica e falou para eu ficar na área que a
bola ia sobrar.

Falou para eu estar preparado para finalizar. Foi dito e feito.

Reação e trabalho do técnico
Rogério Mancini- O time não estava encaixando. Felizmente,
na reta final ele encaixou.

O Mancini passa muita confiança, a confiança que o
grupo precisava. Ele deu liberdade para todos e chegou em cada um falando que
precisava de todos.

O grupo abraçou da melhor forma possível.Adversário na semifinal- São dois times de qualidade
excelente (Goiás e Atlético-GO).

São excelentes jogadores, mas também temos um
grupo de alta qualidade.
.

Fonte: Globo Esporte