No Campeonato Catarinense de 2016, a meta do Internacional de Lages
é conquistar uma vaga à Série D do Brasileiro. Mas depois de vencer o
Metropolitano, na noite do último sábado, por 3 a 1, o time da Serra
terá que deixar o objetivo de lado por alguns dias e focar em outro
torneio: a Copa do Brasil. A estreia dos colorados na competição nacional
está marcada para a noite de quarta-feira, às 19h30, diante do Sampaio
Corrêa, no estádio Vidal Ramos Júnior, o Tio Vida.

Com a meta de
conseguir um bom resultado contra o adversário do Maranhão e ficar perto
da classificação para a segunda fase, Michel Schmöller diz
que espera contar com o apoio da torcida nas arquibancadas.-
Quarta-feira é um jogo importante, adversário forte.

Não tivemos
possibilidade de estudar eles ainda com detalhes, uma equipe forte, com
nome no cenário. Mas é mata-mata e quem estiver melhor no dia vai
vencer.

Espero que na Copa do Brasil a torcida lote o estádio,
precisamos do torcedor perto da gente, cinco mil para mais. Peço que
compareçam, que cobrem os torcedores – disse o
volante à rádio Clube.

Na opinião do jogador do
Internacional de Lages, diante do Sampaio Corrêa, a equipe catarinense precisa atuar como jogou
contra o Metrô, no sábado, e mostrar garra e união para atingir as metas
traçadas no início da temporada 2016.- Nosso
time precisava disso.

Estávamos buscando a todo instante. Perdemos
alguns jogos, mas sem jogar mal, sem se abater.

Alguns detalhes nos
fizeram perder os jogos. Mas somos uma equipe de guerreiros, que busca
sempre o jogo.

O apoio da torcida foi muito importante. É difícil jogar
com um a menos.

A equipe está de
parabéns, não conquistamos nada ainda, mas precisamos vencer o próximo
jogo. Temos que jogar as próximas partidas como jogamos, não tem
segredo.

Se você estiver unido, vai vencer – finalizou.Confira mais notícias do esporte de Santa Catarina no GloboEsporte.

com/sc
.

Fonte: Globo Esporte