A necessidade exige, muitas vezes, criatividade. Buscar soluções diferentes para problemas repetidos. Foi isso que pensou o Náutico ao lançar a campanha “Experiência Alvirrubra”, cujo grande objetivo é financiar o desenvolvimento do aplicativo oficial do clube para celulares e tablets.

Pedir a ajuda da torcida, verdade, não é algo novo no mundo do futebol. O que chama atenção, no caso do Timbu, é a forma arrumada pelo Náutico.

O clube lançou um projeto de Crowdfunding. Nome pomposo e estrangeiro para uma prática comum: a “vaquinha” – que, agora, é virtual.

O coordenador de comunicação do clube, Léo Lemos, explicou como surgiu a ideia e por que se decidiu pela vaquinha.- Assim que a nova gestão assumiu, o vice-presidente de comunicação e marketing pautou algumas coisas como prioridade.

Uma delas era o aplicativo. A gente conversou com algumas pessoas e decidimos, os departamentos de marketing e comunicação, que a melhor forma de viabilizar o aplicativo seria o Crowdfunding.

A ideia é simples. Cada torcedor interessado contribui com um valor predeterminado.

Cada um dos pacotes tem uma “recompensa”. O mais básico é a contribuição que vai de R$ 10 a R$ 20 – dá o direito do torcedor ter seu nome estampado na parte de agradecimento dos aplicativos.

Há outros prêmios mais atrativos. A mais procurada até o momento é a de R$ 80 reais.

O prêmio para esta contribuição é a participação em uma pelada com o ex-atacante Kuki e outros ídolos alvirrubros.Lemos falou, também, sobre como será o aplicativo do Náutico e que funcionalidades ele terá para o torcedor.

– A princípio, vamos fazer algo mais simples com informações do clube, tabela de jogos, ficha técnica dos atletas. Estamos estudando também alguma forma de colocar vídeos.

E, posteriormente, em um segundo momento, a ideia é fazer mais coisas exclusivas para o sócio do clube.A meta do Náutico é arrecadar os R$ 30 mil que o clube estimou necessário para o desenvolvimento do projeto.

No momento da elaboração desta matéria, 23% do objetivo fora atingido: pouco menos de R$ 7 mil. É importante ressaltar, no entanto, que a meta é flexível.

Ao contrário de algumas outras campanhas do tipo, o Náutico receberá todos os recurso ao fim da campanha – mesmo que o valor total não seja alcançado.
.

Fonte: Globo Esporte