Foi uma vitória magra nesta quarta-feira que não convenceu o torcedor. E muito menos o treinador Levir Culpi, que analisou o 1 a 0 contra o Bangu, em Edson Passos, de forma realista, reconhecendo as limitações dos seus jogadores na partida. O gol do Fluminense foi contra, marcado pelo lateral esquerdo Guilherme, aos 13 minutos da primeira etapa – Tive uma certa dificuldade de ver de quem foi que fez o gol.

Tivemos, aliás, algumas dificuldades no jogo, assim como o adversário. Vencemos pois merecemos a vitória.

Não convencemos ninguém. Por vários fatores.

Entre eles, o gramado. Vamos sofrer muito neste ano.

Este campo do America pode ter reforma até a gente competir no Brasileiro. Pode ser que melhores.

Não temos o Maracanã, então..

. A vitória foi merecida.

Mesmo assim, os jogadores sofreram no campo. Baixou a qualidade do jogo.

Muitos passes para trás. Era o possível a ser feito.

No lance do gol, Gustavo Scarpa saiu comemorando. Porém, o  juíz do jogo creditou a bola na rede a Guilherme, lateral esquerdo do Bangu.

Levir, porém, não deixou de falar sobre o talento do jovem meia do tricolor.- É uma realidade.

Tem futuro muito grande, claro. Mas tem qualificação técnica, é um jogador interessante, com margem para evoluir.

 Confira outros tópicos da coletiva de Levir:Não convencer..

.Eles tiveram poucas oportunidades, mas ameaçaram.

Eles poderiam ter marcado o gol. Ficou evidente que temos de evoluir.

A qualificação do nosso elenco exige atuações melhores. Estamos trabalhando.

O bom é vencer para ter tranquilidade. Por vezes, até exagerada.

Final da Primeira LigaÉ importante ter a torcida ao lado. Mas tem outras coisas importantes.

Nós vamos jogar fora daqui. Amanhã vamos ter uma reunião para decidir.

Se abrir para discussão, fica inseguro em tudo. Cada um tem uma opinião e todos têm um pouco de razão.

Seja onde for, temos de ir lá e jogar para vencer. Escalação repetidaFalta um pouco de tudo (para evoluir).

Conjunto. Temos alguns jogadores que estão voltando, como o Fred.

Mas ele não está na final da Primeira Liga. Temos de administrar algumas situações.

PouparPensamos sobre isso. Em todos os jogos.

A fisiologia faz testes sempre. Temos a resposta.

Sentimos isso. É possível fazer uma troca ou outra a cada jogo.

Osvaldo sentiu a pancada do jogo passado. Vamos administrando caso a caso.

.

Fonte: Globo Esporte