Apagão, derrota com um jogador a mais em campo, perda da
invencibilidade de 39 jogos, e frustração das quase 100 mil pessoas presentes
no Camp Nou. O técnico do Barcelona, Luis Enrique, precisou responder muitos
questionamentos da imprensa catalã após a derrota por 2 a 1 para o Real Madrid,
no Camp Nou, neste sábado.O comandante culé deixou claro também que a derrota no clássico já faz parte do passado, disse que é preciso tirar lições desta partida e elogiou a torcida catalã, que colocou quase 100 mil pessoas no Camp Nou.

– Esta partida já não existe para mim. A derrota também te ensina coisas, que todos os títulos têm dificuldades, quanto mais quando você joga contra um rival que tem os mesmos objetivos que os seus.

Deram tudo. A torcida esteve, como sempre, em um nível destacável.

Não demos alegria a todos os culés. Foi um final duro – afirmou o treinador.

De acordo com o treinador do time catalão, a derrota para o maior rival é algo que acontece no futebol. Luis Enrique pede também foco total nas quartas de final da Liga dos Campeões, pois na próxima terça-feira o Barcelona recebe o Atlético de Madrid, na partida de ida:- Aconteceu o que pode acontecer em qualquer partida de
futebol.

Não se escolhe quando vamos perder, teve que ser hoje. Temos que
preparar para a Champions, que será uma partida de máxima dificuldade.

Sobre o desempenho da equipe em campo, que ficou abaixo do
esperado, Luis Enrique deixou claro que não ficou satisfeito. Porém, lembrou
que o Barcelona lidera o Campeonato Espanhol com 76 pontos, seis a mais do que
o Atlético de Madrid, segundo colocado.

O Real, com 69, está em terceiro:- Não fiquei contente com o resultado. Creio que poderíamos
ter vencido a partida.

Tenho confiança na minha equipe, na Liga (Espanhol)
ganhará o mais regular, que somos nós. Mas precisamos manter essa regularidade.

Luis Enrique também explicou a substituição de Rakitic por
Arda Turan. O meia Turco entrou em campo quando a partida estava empatada em 1
a 1, mas pouco conseguiu fazer para ajudar o Barcelona, que ainda levou a
virada com um homem a mais em campo:- Rakitic tinha um cartão, e Arda (Turan) poderia aproximar
as linhas.

Não teve sorte, entrou quando a partida mudou muito, e começamos a
perder a bola com facilidade. O futebol é complexo.

Abrimos o placar, levamos o
empate e tivemos 10 ou 15 minutos em que perdemos o controle.
.

Fonte: Globo Esporte