O Figueirense entra em campo neste domingo, diante do
Criciúma, na luta por manter viva a sua chance de conquistar o returno do
Catarinense. Para o jogo fora de casa, no Heriberto Hülse, o técnico Vinícius
Eutrópio pode ficar sem o zagueiro Marquinhos, que com dores na coxa foi
submetido a exames médicos. De resto, o treinador deve ter poucas novidades em
relação ao time que venceu o Guarani de Palhoça, na última rodada.

Em um trabalho sob chuva, no Orlando Scarpelli, somente o
aquecimento foi aberto para a imprensa. A atividade principal foi fechada e
Eutrópio, em sua entrevista coletiva, tratou de ressaltar a possibilidade da
ausência do zagueiro Marquinhos.

 – O Marquinhos vem de desconforto há algum tempo, foi
poupado a semana toda, e ontem com apenas 4 minutos voltou a sentir. Foi para o
exame, estamos aguardando o resultado para ver – disse.

Outro jogador que chegou a ter a possibilidade de ficar fora da partida foi o
meia Carlos Alberto. Depois de uma pancada, ele não treinou na última
quinta-feira, porém, Eutrópio amenizou a situação e explicou que o meia deve
atuar.

 – O Carlos tomou uma pancada, na verdade, voltou para o
treino e tomou uma pancada no mesmo lugar. Então achamos prudente tirar do
treino – falou.

Caso Marquinhos não possa atuar, o jovem zagueiro Jaime deve
fazer a sua estreia na temporada. Afinal, Nirley e Henrique Trevisan estão
lesionados.

Para o meio de campo, o técnico Eutrópio deve ter a presença, pela
primeira vez como titular, do volante Ferrugem. Com isso, o Figueira pode ter a
seguinte formação: Gatito Fernández; Leandro Silva, Bruno Alves, Jaime
(Marquinhos) e Marquinhos Pedroso; Elicarlos, Ferrugem e Bady; Dudu, Carlos
Alberto e Rafael Moura.

 – É a tendência, que a gente vá
consolidando essas posições, essas trocas, tive cuidado também com o Ferrugem
no último jogo, porque já vi uma troca de sistema com a entrada de Rafael (Moura) e
Carlos Alberto, achei prudente esperar o Ferrugem, já que Caucaia jogou bem,
contra o Inter, tínhamos a semana toda para trabalhar melhor o
entrosamento com ele – explicou.  O Figueirense tem seis pontos, contra nove do Criciúma.

Uma vitória é fundamental para a busca do returno. A bola rola às 16h, no Heriberto Hüçse, domingo, pela quinta rodada.

Confira mais notícias do esporte de Santa Catarina no GloboEsporte.com/sc
.

Fonte: Globo Esporte