Com discurso sereno e confiança de sobra. Foi assim
que o novo treinador do Santa Cruz, Milton Mendes, desembarcou no Recife, na
noite desta terça-feira. O técnico foi recepcionado por quase todos
os membros da diretoria.

De lá, foi para o hotel onde ficará hospedado na cidade.
O comandante vai ser apresentado ao elenco antes do encontro desta quarta-feira,
contra o Ceará, no Arruda, pela Copa do Nordeste.

Além disso, vai acompanhar a partida dos
camarotes. Pelo menos esta é a ideia inicial.

Milton deixou aberta a chance
de estar na área técnica.

 

– Não sei, vamos ver e conversar.

Estou chegando agora, mas
vou me informar de tudo o que está acontecendo. Depois que a gente conversar
com a comissão, vamos ver o melhor a ser feito.

O treinador disse que uma conversa com o vice-presidente do
clube, Constantino Júnior, foi determinante para ele aceitar o convite do
Santa Cruz. Nela, Tininho, como é conhecido, falou a Milton sobre a
possibilidade de realizar um projeto a longo prazo no clube.

 – Ele disse que
essa direção demitiu poucos técnicos (desde o presidente anterior, Antônio Luiz
Neto, só Sérgio Guedes, Ricardinho e Marcelo Martelotte foram demitidos). E
projeto para mim é continuidade, ir até o final.

É o essencial. O Santa Cruz
quer me dar isso.

 

Sobre o elenco atual do Santa, Milton Mendes disse conhecer algumas peças, mas não revelou quais. E afirmou que a motivação é a
primeira coisa a ser trabalhada neste momento.

 

– Conheço alguns jogadores e já trabalhei com outros. Mas o
principal é resgatar a motivação desse elenco, que está um pouco cabisbaixo.

Eles têm potencial até pelo que fizeram na Série B do ano passado. Espero que o
torcedor possa comparecer nesta quarta-feira.

A torcida tem que entender
que, se a gente jogar junto, vamos ficar fortes.
.

Fonte: Globo Esporte