Desempregado desde que foi demitido pelo Chelsea, em
dezembro do ano passado, o técnico José Mourinho já teve seu nome envolvido no
interesse de diversos clubes. Entre eles, talvez o mais consistente, o
Manchester United. Porém, ainda não há uma definição sobre seu futuro, e o
português deixou claro que vai trabalhar em um local onde é muito aguardado.

– Quero trabalhar, vou trabalhar. Na próxima temporada vou
levar minhas ideias onde me querem muito.

Eu gosto de estar onde
verdadeiramente me querem. Depois de alguns meses recarregando as baterias,
volto com tudo o que tenho para dar e, provavelmente, algo a mais – afirmou
Mourinho em um evento publicitário no Algarve, em Portugal.

Sobre o suposto interesse do Manchester United em sua
contratação, o português deixou claro que “há mil cenários possíveis”
para seu futuro. E lembrou que ainda não assinou nada com ninguém:- Não quero dizer nada sobre isso.

Há mil cenários
possíveis, uns reais e outros menos reais. Uma coisa que faço agora enquanto
não trabalho é ler tudo.

Que é o contrário de quando trabalho, já que não vejo
nenhuma palavra que vem da imprensa. Não vejo jornais, não vejo internet, zero
absolutamente.

É tão fácil inventar, mentir e ter notícias fora do contexto. É
o mundo que vivemos, e temos que nos adaptar.

O treinador descartou treinar a Síria, que teria feito uma
proposta. Pediu respeito, mas lembrou que não se trata de uma seleção que o
motiva.

E deixou claro que deseja trabalhar em um clube, numa liga difícil.
Sobre Pep Guardiola, seu grande rival nos tempos de Real Madrid, ele afirmou
que o comandante do Bayern já tem seu futuro definido (acertou com o Manchester
City), mas que não dá para imaginar qualquer cenário, pois ainda segue
desempregado.

  Mourinho confirmou também que recebeu muitas propostas boas,
de vários clubes. Porém, ainda está decidindo qual caminho vai tomar na próxima
temporada.

Mas deixou claro que estará trabalhando, e muito, durante o verão
europeu. Época de planejamento das equipes do Velho Continente:- Tenho boas ofertas e devo pensar bem e decidir.

Uma pessoa
me perguntou como será no próximo verão, e eu disse que será igual aos outros.
Não recordo de julho e agosto com minha família em Portugal ou outro local de
férias.

Sempre estou trabalhando.
.

Fonte: Globo Esporte